Domingo, 30 de abril de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Com a palavra... | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Céticos com Opep devem logo perceber que estão errados, diz Bernstein  

20/03/2017 - Céticos em relação ao acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), para reduzir sua produção e impulsionar os preços da commodity, logo perceberão que assumiram a postura errada, segundo a Bernstein.

A consultoria prevê que haverá "impressionantes" quedas nos estoques de petróleo nas próximas semanas, à medida que o impacto da redução na produção da Opep finalmente chegar ao mercado global.

Nos EUA, as importações estão elevadas desde o começo do ano, refletindo o forte nível da produção da Opep em novembro, período anterior ao início dos cortes na oferta. De acordo com a Bernstein, porém, a expectativa agora é que as importações americanas caiam 500 mil barris por dia ante os níveis de fevereiro.

Além disso, as operações de refino nos EUA poderão aumentar em 1,5 milhão de barris por dia nas próximas dez semanas, antes da temporada de maior demanda típica do verão, diz a consultoria.

"A combinação de importações em queda e maior refino de petróleo deverá levar a substanciais cortes nos estoques nos próximos meses", prevê a Bernstein, ressaltando, porém, que a Opep precisará conter a oferta por um ano inteiro para que o excesso de petróleo seja realmente enxugado.

Originalmente, a Opep pretende reduzir sua produção ao longo de seis meses.

Fonte: Dow Jones Newswires
Texto extraído do portal Faesp Senar
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
28/04/17 - Estoques comerciais de petróleo caem para mínima de 4 anos na China
  - Petróleo se recupera das recentes perdas e sobe apoiado pelo dólar mais fraco
  - PetroRio vê entraves para produtoras independentes de petróleo no Brasil
  - Expansão dos EUA no 1º tri é a mais fraca em 3 anos, afetada por gastos do consumidor
  - Dólar sobe ante real com Ptax e de olho em greve e manifestações
  - Lucro da Exxon Mobil mais que dobra no 1º tri com aumento dos preços do petróleo
  - Petróleo opera em alta se recuperando das perdas
  - Dólar cai ante real com percepção de que greve não afeta Previdência
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Céticos com Opep devem logo perceber que estão errados, diz Bernstein
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/