Sexta-feira, 25 de maio de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Petrobras vê custo no pré-sal abaixo de US$7/barril e atrasos em plataformas  

11/08/2017 - A Petrobras reduziu o custo de extração no pré-sal para menos de 7 dólares por barril no primeiro semestre deste ano, cerca de metade do visto há cerca de três anos, devido à alta produtividade da região e também à melhoria da eficiência, disse nesta quinta-feira a diretora de Exploração e Produção da empresa, Solange Guedes.

O custo no pré-sal é inferior à média registrada no custo de extração de toda a produção da empresa, no Brasil e no exterior, que somou 10,8 dólares por barril, afirmou ela, o que dá fôlego para a empresa enfrentar um cenário de preços fracos da commodity.

Em 2016, a empresa informou que o custo de extração no pré-sal era de 8 dólares por barril.

"(Isso) mostra como dentro do conjunto do portfólio (o pré-sal) é muito mais competitivo, e fazemos alocações de investimentos levando em consideração isso", afirmou ela, em coletiva de imprensa sobre os resultados da empresa no segundo trimestre.

O pré-sal tem ganhado cada vez mais importância na produção brasileira. Em junho, a extração de petróleo na região superou o pós-sal, segundo a reguladora ANP.

"No ano de 2014, o custo (no pré-sal) já chegou ao dobro disso, a 14 dólares por barril", ressaltou a diretora.

A executiva disse que, apesar do atraso no início da operação de algumas plataformas, a meta de produção para 2017, de 2,07 milhões de barris de petróleo por dia, está mantida.


Atrasos em plataformas

Durante a coletiva, a diretora explicou que apenas duas das quatro plataformas previstas para este ano vão de fato entrar em operação, enquanto outras duas ficarão para o ano que vem.

Até o momento, somente uma plataforma nova iniciou produção, que foi a P-66, no campo de Lula Sul, na Bacia de Santos.

A próxima será a plataforma de Teste de Longa Duração (TLD) da promissora área de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos. Anteriormente, ela estava prevista para iniciar a produção em julho, e agora entrará ainda no terceiro trimestre.

A licença ambiental da plataforma já foi concedida e a unidade agora aguarda a conexão do primeiro poço para produção.

Já a P-67, também para o campo de Lula, e a plataforma Cidade de Campos dos Goytacazes, para o campo de Tartaruga Verde e Mestiça, ficaram para 2018. Ela não explicou o motivo do atraso.

Marta Nogueira e Rodrigo Viga Gaier
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
25/05/18 - Leilão da Conab negocia 108 mil toneladas de milho
  - Petrobras anuncia 4ª redução seguida em preço da gasolina nas refinarias
  - Aumento abusivo no preço dos combustíveis é considerado crime, alerta ministério
  - Projeto que pode zerar PIS/Cofins do diesel já está no Senado
  - Governo prevê transferir até o fim do ano R$ 4,9 bilhões à Petrobras para conter preço do diesel
  - Petrobras diz considerar acordo com caminhoneiros ´altamente positivo´
  - Governo e caminhoneiros fecham acordo; protesto é suspenso por 15 dias
  - Temer diz que vai propor aos governos estaduais redução do ICMS do diesel após acordo do governo com
  caminhoneiros
  - Greve dos caminhoneiros já prejudica exportações brasileiras
  - Governo vai subsidiar o diesel, mas não apontou fonte de recursos
  - Grandes produtores mundiais reduzem subsídio sobre o preço do petróleo
  - ANP flexibiliza regras para garantir combustível durante paralisação
  - Mesmo com acordo, caminhoneiros mantêm protestos nas rodovias federais
  - Senado promete a caminhoneiros votar projeto do preço mínimo do frete
  - ´Uma boa reforma tributária pode aumentar o PIB potencial do país em 10%´, diz Bernard Appy
24/05/18 - Meirelles: `Petrobrás não deve bancar custo do petróleo´
  - Venezuela buscará aumentar produção de petróleo em 1 milhão de bpd em 2018, diz Maduro
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Petrobras vê custo no pré-sal abaixo de US$7/barril e atrasos em plataformas
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/