Sábado, 20 de janeiro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Pneu de soja chega desafiando a concorrência  

08/09/2017 - Neste mês de setembro começa a chegar às lojas norte-americanas a primeira linha de pneus à base de óleo de soja, resultado de pesquisa de seis anos da multinacional Goodyear em parceria com a United Soybean Board (espécie de Conselho dos Produtores de Soja dos Estados Unidos). O pneu cria um mercado completamente novo para a leguminosa, o que pode levar a aumento da demanda e melhores preços para os produtores rurais.

O interesse da Goodyear na fabricação do "pneu de soja" começou por questões de sustentabilidade, mas a pesquisa trouxe à tona um produto com qualidades superiores e altamente competitivo. O composto borracha e óleo de soja resultou em um pneu que permanece macio mesmo em condições climáticas adversas, garantindo melhor aderência e tração esteja o tempo seco, úmido ou frio. Daí a razão do nome comercial, WeatherReady - pronto para o clima. Ao fim, o pneu se revelou mais sustentável, econômico, neutro em carbono e totalmente renovável.

"Quando começamos a pesquisa conjunta, há seis anos, a ideia era apenas encontrar uma nova demanda para o óleo de soja. Agora temos um pneu que mostra do que a soja é capaz na estrada", diz John Motter, presidente da United Soybean Board que também é produtor rural em Jenera, no estado de Ohio.

A borracha com óleo de soja se mistura mais facilmente aos compostos reforçados com sílica, item muito utilizado em pneus com baixa resistência ao rolamento, reduzindo o consumo de energia na fabricação.

"Em termos de tração, é o melhor pneu que já fabricamos", afirma Ryan Peterson, presidente da Goodyear nos Estados Unidos. O apelo comercial do pneu é particularmente forte no hemisfério Norte, já que apresenta desempenho superior em aceleração, desaceleração e frenagem sobre a neve, e mantém mais estável também em curvas com pista molhada.

O pneu de soja da Goodyear está disponível no mercado norte-americano em 40 tamanhos e tipos, e pode ser usado em 77% dos modelos de carros, minivans e SUVs, incluindo marcas como Chevrolet, Ford, Honda e Toyota.

A busca de novos usos para as commodities agrícolas, como soja e milho, é estratégica para o setor devido aos consecutivos recordes de produção. Atualmente, 15 milhões de toneladas de soja são destinadas por ano à produção de biodiesel no Brasil. No mês passado, Mato Grosso inaugurou a primeira usina 100% de etanol de milho.

A pesquisa para chegar ao pneu de soja teve acompanhamento, supervisão e apoio financeiro do Conselho dos Produtores de Soja dos Estados Unidos. Contatada, a Goodyear informou que ainda não há data prevista para lançamento do pneu no Brasil.

05/09/17
Fonte: Gazeta do Povo
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/01/18 - Arábia Saudita eleva exportação de refinados para compensar cortes em petróleo
  - Índice de investimentos de empresas caiu 0,7% de outubro para novembro, diz Ipea
  - Logística: Agricultores da Bahia recuperam cerca de 220 km de estradas em 2017
  - Soja segue testando leves altas em Chicago com olho no clima e no dólar nesta 6ª feira
  - Colheita do milho atinge 14% da área no Rio Grande do Sul
  - Governo estuda mudanças em programas de seguro e subvenção a produtores rurais
  - País busca produzir de maneira mais sustentável, diz ministro da Agricultura
  - Chuvas irregulares preocupam produtores no RS
  - Agronegócio: Uma Máquina de Geração de Renda ao Brasi
  - Agronegócio: Saldo da Balança Comercial sobe 3,7% e fecha 2017 em US$ 13,9 bilhões
  - Disponibilidade de turbinas de Itaipu chegou a 97,10% em 2017
  - Liquidações financeiras de energia nuclear e cotas somam R$ 839,5 mi, diz CCEE
  - Esqueça petróleo: Sauditas miram energia renovável na Am. Latina
  - Embrapa, uma empresa da sociedade brasileira
18/01/18 - Soja segue estável em Chicago nesta 5ª feira e aguarda novidades da América do Sul
17/01/18 - Colheita de soja em Mato Grosso está atrasada e chuva ainda é risco, diz Imea
  - Soja/Nopa: Esmagamento aumenta 1,8% em dezembro e é recorde para o mês
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Pneu de soja chega desafiando a concorrência
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/