Domingo, 21 de janeiro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
´Financial Times´: Grandes apostas no petróleo e gás natural  

11/09/2017 - Matéria publicada nesta sexta-feira (8) pelo Financial Times observa que levou oito semanas para o maior navio de produção de gás do mundo ser transportado por rebocadores de um estaleiro sul-coreano até um local a quase 500 quilômetros da costa norte da Austrália, onde foi amarrado no mês passado.

Times aponta que nos próximos 25 anos, este Goliath de casco vermelho - com comprimento de quatro campos de futebol e nove vezes o peso do novo porta-aviões do Reino Unido quando totalmente carregado - irá colher gás de poços submarinos e convertê-lo em gás natural liquefeito super-resfriado. Os petroleiros visitarão o navio uma vez por semana para descarregar o GNL para exportação.

O diário informa que o projeto de Prelúdio de US $ 14 bilhões, liderado pela Royal Dutch Shell, é o último em um aumento da nova capacidade de GNL que promete reformar o setor de petróleo e gás - e com isso, os mercados de energia que eles atendem. O desenvolvimento de GNL da Wheatstone da Chevron na Austrália está agora no meio de um investimento de US $ 88 bilhões. ExxonMobil, BP, Total e Eni também assumiram grandes compromissos.

Os suplementos de GNL estão em curso para aumentar em 50% entre 2014 e 2021. Isso implica a abertura de um novo "trem" de GNL - as instalações que condensam gás em líquido para permitir que ele seja transportado longas distâncias por navio a três meses. Spencer Dale, economista-chefe da BP, chama essa taxa de crescimento "bastante surpreendente".

As empresas que antes tratavam o gás como a pobre relação com o "ouro preto" agora estão apostando que a mercadoria incolor pode ajudar a garantir seu futuro em um mundo descarbonatador. Dos 16 novos projetos de BP em curso entre este ano e 2021, 12 envolvem gás em vez de petróleo.

Mudanças semelhantes estão em andamento em toda a indústria. O gás supera por um fator de dois por um entre os recursos de pré-desenvolvimento que aguardam decisões de investimento, de acordo com Wood Mackenzie, a consultoria em energia.

A aposta no gás permanece em grande parte na capacidade do setor de se esvaziar do sistema energético global e competir com o aumento da energia eólica e solar, finaliza o FT.

Fonte: Financial Times
Texto extraído do portal Jornal do Brasil
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/01/18 - Liquidações financeiras de energia nuclear e cotas somam R$ 839,5 mi, diz CCEE
  - Portos Gaúchos registram recorde de movimentação em 2017
  - Movimento do comércio sobe 1,5% em 2017, revela Boa Vista SCPC
  - Taxas futuras de juros recuam com dólar
  - Confiança da indústria cresce pelo 6º mês e é a melhor desde abril de 2011
  - Petrobras: Gasolina sobe 0,7% e diesel cai 0,6% amanhã
  - Petrobras reduzirá preços do diesel e elevará os da gasolina a partir de sábado
  - Dólar recua em meio à espera de votação no Senado dos EUA
  - IEA vê mercado de petróleo apertado com crise na Venezuela
  - Decisão sobre acordo com Opep pode vir entre maio e junho, diz vice-primeiro-ministro russo
  - Disponibilidade de turbinas de Itaipu chegou a 97,10% em 2017
  - Esqueça petróleo: Sauditas miram energia renovável na Am. Latina
  - Índice de investimentos de empresas caiu 0,7% de outubro para novembro, diz Ipea
  - Arábia Saudita eleva exportação de refinados para compensar cortes em petróleo
  - Preço do gás para indústria e comércio já acumula alta de 34%
18/01/18 - Petrobras anuncia altas de 0,80% no preço da gasolina e de 0,70% no diesel
  - Petrobrás revisa política de preços do gás e preço cai 5%
  - Petrobras anuncia alta de 0,8% no preço da gasolina e 0,7% no diesel
  - Agronegócio brasileiro fecha 2017 rindo à toa
  - Custos industriais pressionam a competitividade
  - Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA caem para mínima de 45 anos
17/01/18 - Petrobras anuncia queda de 0,50% no preço da gasolina e alta de 0,20% no diesel
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
´Financial Times´: Grandes apostas no petróleo e gás natural
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/