Domingo, 19 de novembro de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Dólar tem 3ª alta seguida com cautela com cenário político  

13/09/2017 - O dólar terminou a quarta-feira com leve alta, a terceira seguida, com os investidores cautelosos com a cena política doméstica após o presidente Michel Temer ter se tornado alvo de novo inquérito e depois da prisão do presidente-executivo da JBS, Wesley Batista.

O dólar avançou 0,29 por cento, a 3,1381 reais na venda. Nestes três pregões, avançou 1,41 por cento.

Na máxima desta quarta-feira, registrou 3,1451 reais. O dólar futuro exibia elevação de cerca de 0,40 por cento.

"Por enquanto, o mercado está lateral, mas o dólar pode subir um pouco mais, dependendo do noticiário. Mas acho difícil ir acima de 3,20 reais", avaliou o gerente de Tesouraria do Banco Confidence, Felipe Pellegrini.

Na véspera, o dólar teve sua maior alta percentual ante o real em quase um mês após o presidente Michel Temer voltar a ser alvo de inquérito, a partir da delação de executivos da J&F, sob a suspeita de que ele possa estar envolvido num esquema de corrupção e lavagem de dinheiro na edição de um decreto que mudou regras portuárias.

Nesta quarta-feira, a Polícia Federal prendeu o empresário Wesley Batista, presidente-executivo da JBS, como parte de uma investigação sobre suspeita de que executivos do grupo se aproveitaram de informação privilegiada em decorrência dos próprios acordos de delação premiada para obter lucros milionários no mercado financeiro.

No final de semana, seu irmão, Joesley Batista, já havia sido preso, o que elevou a percepção do mercado de que o Temer pode ter força política para aprovar a reforma da Previdência.

À tarde, por unanimidade, os ministros do STF votaram a favor de manter o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, à frente de investigações contra o presidente Temer. Janot tem até o próximo domingo para fazer nova denúncia contra o presidente, já que será substituído por Raquel Dodge.

No exterior, o dólar subia ante uma cesta de moedas, após os preços ao produtor se recuperarem em agosto e os investidores aguardarem os dados ao consumidor, na quinta-feira.

O dólar também avançava ante divisas de países emergentes, como os pesos chileno e mexicano.

O Banco Central brasileiro não anunciou qualquer intervenção no mercado de câmbio nesta sessão. Na véspera, especulações sobre a rolagem de 9,975 bilhões de dólares em contratos de swap cambial tradicional --equivalentes à venda de dólares no mercado futuro --que vencem em outubro ajudaram a inflar o dólar.

Claudia Violante
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
17/11/17 - Preços do petróleo fecham a semana em alta
  - Petróleo opera em alta, apoiado por corte na oferta da Opep e dólar mais fraco
  - Taxas futuras de juros seguem em baixa na esteira do dólar
  - Dólar segue em baixa com desempenho fraco no exterior
  - Preços do açúcar fecham em alta por preços do petróleo e demanda de etanol
  - Dólar cai e encosta em R$3,25 com exterior, mas mantém olho em movimentação política
  - CBOT: Mercado de grãos tende a abrir em alta; soja monitora demanda e clima
  - Exportações do setor agropecuário crescem mais de 150% em um ano
  - Reservatórios do Sul operam com 58% da capacidade
  - Relatório prevê modelo híbrido de fornecimento de eletricidade até 2025
  - Petrobras anuncia novo corte em gasolina; preço cai 1,4% a partir de sábado
  - Previsão de mais chuvas reduz custo de operação do sistema elétrico
16/11/17 - Dólar cai quase 1% e volta ao patamar de R$3,27 com correção e exterior
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Dólar tem 3ª alta seguida com cautela com cenário político
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/