Quinta-feira, 19 de outubro de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Petróleo fecha em alta nesta terça  

11/10/2017 - Os Futuros do Petróleo fecharam em alta na sessão desta terça-feira (10), após a Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) ter pedido aos Estados Unidos para se unir ao acordo para reduzir a oferta do produto no mercado internacional.

Na Bolsa Mercantil de Nova York, o barril de WTI fechou a US$ 50,86, subindo 2,58%. O Petróleo Brent registrou ganhos de 1,33% para negociação a US$ 56,53 por barril.

O grupo, do qual fazem parte Arábia Saudita, Catar, Irã e outros 11 países, quer que os EUA se incorpore ao congelamento das extrações. O acordo está em vigor desde janeiro de 2017 e se estenderá até pelo menos 31 de março de 2018. A Opep analisa a possibilidade de ampliá-lo.

Nas últimas semanas, a commodity registrou forte valorização, na expectativa de um reequilíbrio do mercado com a possibilidade de extensão do acordo para congelar cerca de 1,8 milhão de barris diários até junho. A próxima reunião da Opep está marcada para o dia 29 de novembro, em Viena.

Na véspera, o secretário-geral da Opep, Mohammed Barkindo, apontou que há sinais claros de que o mercado deve chegar a um equilíbrio e reforçou o compromisso do grupo em reduzir os estoques globais.

Barkindo informou que consultas estão em andamento para uma possível extensão no acordo de corte firmado pelo grupo e outros países como a Rússia, que termina em março. De acordo com ele, existe a possibilidade ainda de mais países aderirem ao acordo iniciado em janeiro.

Outro fator que impulsiona a commodity é o anúncio da Arábia Saudita de corte nas exportações em novembro.

Às 10h17, o barril de Brent para dezembro negociado na ICE, em Londres, tinha alta de 1,38%, a US$ 56,56. Já o barril de WTI para entrega em novembro, negociado no Nymex, em Nova York, avançava 1,90%, a US$ 50,52.

Às 15h15, o barril de WTI tinha alta de 2,42%, a US$ 50,78. No mesmo horário, o barril de Brent tinha alta de 1,42%, a US$ 56,58.

O mercado também aguarda os dados sobre estoques de petróleo bruto dos EUA, para medir os efeitos da tempestade tropical Nate na infraestrutura petrolífera da costa do Golfo do país. Analistas estão ainda na expectativa por dados da Opep e da AIE, para medir a demanda pela commodity.

Os relatórios da API e do Departamento de Energia norte-americano serão divulgados na quarta e na quinta, respectivamente, um dia após o usual, devido ao feriado de Columbus Day (ou Dia de Colombo, em celebração ao Descobrimento da América) desta segunda-feira. Já os relatórios mensais da Opep e da AIE serão divulgados na quarta e na quinta-feira, respectivamente.

10/10/17
Fonte: Jornal do Brasil
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/10/17 - Petróleo perde força com dados sobre gasolina dos EUA
  - Mudança de bandeira tarifária não interfere no consumo de energia, diz estudo
  - ANP poderá reabrir prazo para ofertas por áreas do pré-sal que não receberem lances no leilão
  - Comissão aprova medida provisória que reduz tributação de petróleo e gás
  - Petrobras: gasolina sobe e diesel cai nesta sexta-feira
  - Usina Coruripe anuncia aumento do plantio de cana-de-açúcar em Paranaíba
  - Petrobras anuncia reajuste em combustíveis para sexta-feira
  - Energia Solar cresceu mais do que outros combustíveis em 2016, aponta relatório da AIE
  - ANP vai reabrir prazo para blocos do pré-sal que não receberem lances no leilão
  - CBOT: Mercado de grãos tende a abrir em alta amparado pela demanda
  - Trump Tells EPA to Halt Ethanol Quota Changes
  - Taxas futuras de juros operam sem força na esteira do dólar
18/10/17 - Produção da Petrobras no Brasil sobe 2,8% em setembro ante agosto
  - Petrobras anuncia queda de 0,50% no preço da gasolina e alta de 0,20% no preço do diesel
17/10/17 - Petrobras: gasolina sobe 1,7% e diesel 1% nesta quarta-feira
  - Petrobras eleva diesel e gasolina nas refinarias a partir de quarta-feira
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Petróleo fecha em alta nesta terça
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/