Quarta-feira, 14 de novembro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Fórum de Articulistas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Apresentação - Anuário de Sustentabilidade 2017  

01/11/2017 - O termo Sustentabilidade passou a ser pauta de importância nas últimas décadas. Com o fim das grandes guerras e a intensificação do desenvolvimento econômico, observamos forte crescimento populacional, aumento no consumo de energia e alimentos e início da exaustão de alguns recursos naturais em locais de grande concentração populacional.

A maioria dos países já ocupa toda a extensão de terras agricultáveis para produção de alimentos. Nas últimas décadas, a ciência tem procurado explicar os impactos que o uso dos recursos naturais causam ao clima, tanto com relação ao desmatamento quanto às emissões de gases de efeito estufa.

Estudos indicam que a manutenção das emissões nos níveis atuais pode elevar a temperatura média da Terra em torno de 2ºC, provocando significativas alterações nos ambientes de produção agrícola e no nível do mar. É fundamental equilibrarmos a ocupação do solo e o uso dos recursos naturais, com objetivo de viabilizarmos a sustentabilidade dos sistemas de produção responsáveis pelo abastecimento de alimentos, água e energia.

Após a divulgação dos riscos de impacto ambiental no planeta, as principais lideranças mundiais buscam alternativas para a manutenção das condições climáticas, preservando, assim, as condições essenciais para a vida. Serão necessários esforços da ciência e da tecnologia, suportados por políticas públicas de âmbito global, buscando equalizar os interesses com regimes regulatórios e tributários, responsáveis por direcionar a produção e o consumo, minimizando os efeitos indesejáveis à sustentabilidade do planeta.

Paralelamente, precisamos viabilizar economicamente o uso de fontes renováveis de energia, que levem a uma redução gradual no volume de emissões. Atualmente, a cana-de-açúcar e seus derivados correspondem a cerca de 17% da energia produzida no Brasil, com o etanol e a bioeletricidade, produzida através da queima da palha e bagaço da cana.

Estudos indicam que atualmente aproveitamos apenas 15% do potencial para a bioeletricidade do setor sucroenergético, considerando também a geração com biogás proveniente da biodigestão da vinhaça. Cerca de 4% do consumo de energia elétrica é proveniente do setor sucroenergético, quando, na verdade, poderia ser 26% com 100% do potencial. Acreditamos que o Brasil possa continuar sendo a principal referência mundial no uso de combustíveis automotivos.

Dentre as tecnologias em desenvolvimento para propulsão de veículos, a célula de combustível é a que apresenta melhores números, tanto com relação à eficiência (0,7 MJ/km), quanto às emissões (14 gCO2eq/km), quando utilizado etanol como combustível. Seguramente, essa é a melhor solução para ser disseminada no Brasil, pois já dispomos de infraestrutura de distribuição de etanol, o grande gargalo para qualquer outro país.

Nossa tradição do uso da terra criou seus lemas ao longo da história: "A terra não é herança e sim empréstimo que tomamos de nossos filhos". As regiões mais tradicionais na produção agrícola brasileira vêm ano após ano melhorando sua condição produtiva. Práticas de conservação de solo, correção de pH, plantio direto, rotação de culturas, dentre outras, garantem mais que as condições originais do solo, possibilitando incremento de produtividade, redução de riscos por intempéries e sustentabilidade garantida.

O uso da tecnologia vem incrementando o cuidado com o solo, permitindo não apenas a melhoria das condições físicas e químicas do solo, mas também as condições biológicas, com incremento de microrganismos responsáveis por um maior equilíbrio do ecossistema de produção, resultando em menor impacto das pragas e doenças, com menor utilização de defensivos e fertilizantes.

Com todo mérito aos institutos de pesquisa, Embrapa e Escolas de Engenharia Agronômica, podemos afirmar que o produtor brasileiro tem aparato e conhecimento para produzir com técnicas que garantam não somente as condições de produção para as futuras gerações, mas, principalmente, garantir que toda produção atenda a todos os requisitos de saúde exigidos pela legislação.

Com boas práticas e produção responsável, o Brasil conquistou confiança no exigente mercado internacional, sendo hoje o maior exportador de açúcar, proteínas animais, café e suco de laranja, sendo o agronegócio brasileiro responsável por um volume de exportações de US$ 86 bilhões em 2016, enquanto a balança comercial fechou com saldo de US$ 47,7 bi.

Simplificando, podemos sintetizar Sustentabilidade como sendo a garantia de que os recursos naturais explorados hoje não comprometam os sistemas de produção para as gerações futuras, promovendo bem-estar econômico e social para as comunidades. O Agronegócio brasileiro é um exemplo para o mundo de sistema de produção responsável e sustentável.

*Artigo originalmente publicado no Anuário de sustentabilidade e Guia de Compras da Revista Opiniões, edição de Novembro/17.

Celso Torquato Junqueira Franco
Presidente da UDOP
Os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores, não representando,
necessariamente, a opinião e os valores defendidos pela UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
14/11/18 - Produção de açúcar da Índia em 18/19 ficará abaixo do previsto, a 30 mi t, diz grupo
  - Bolsonaro anuncia diplomata Ernesto Araújo como ministro das Relações Exteriores
  - Consumo de etanol hidratado cresceu 48,7% em MS
  - População é quem mais ganha com aumento nas vendas de etanol
  - Conab inicia pesquisa para levantamento da safra de cana-de-açúcar
  - Dólar e petróleo pressionam e derrubam cotações do açúcar
  - Dólar passa por correção e cai ante real
  - Bovespa tem sessão sem viés definido com JBS disparando após resultado; Vale cai 2 %
  - Exportação de produtos agrícolas bate recorde no Porto de Paranaguá
  - Importação de soja pela China deve cair a 91 mi t em 18/19, prevê Informa
  - Proclamação da República e Feriado Municipal alteram expediente da UDOP
13/11/18 - Fittipaldi fala em recuperação financeira lenta e culpa política do pré-sal
  - Queda na produção eleva cotações do açúcar
  - Bunge investe em núcleo de mudas de cana para elevar produtividade
  - MS consome 48,7% a mais de etanol hidratado
  - Produção de açúcar do centro-sul desaba abaixo de 1 mi t na 2ª quinzena de outubro
  - Açúcar: Indicador retoma casa dos 67 reais/saca
12/11/18 - Biosev vende mais uma usina no Nordeste do Brasil
  - Bunge investe em núcleo de mudas de cana para elevar produtividade
  - Moagem de cana recua 17% no Centro-Sul
08/11/18 - Contratos futuros do açúcar fecham mistos nos mercados
  - UDOP parabeniza Presidente Bolsonaro pela acertada escolha de Tereza Cristina na Agricultura
07/11/18 - Dobrar a oferta de etanol por novos sistemas produtivos e com menor emissão de carbono são desafios
  da inovação sucroenergética
  - UDOP e Fapesp firmam parceria para promover cooperação em pesquisa científica e tecnológica
20/07/18 - Rio de Janeiro dá exemplo ao transformar bioplásticos em política de estado
21/06/18 - UE quer reduzir consumo de energia em um terço até 2030
11/06/18 - UNICA Fórum vai reunir oito pré-candidatos à presidência em São Paulo
06/06/18 - Diana Bioenergia e outras usinas participam de simulado do PAM
  - Temer aprova redução de emissões de carbono nos próximos dez anos
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Apresentação - Anuário de Sustentabilidade 2017
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/