Quarta-feira, 22 de novembro de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Melhora na indústria de SP é concentrada em algumas atividades, diz IBGE  

08/11/2017 - O parque industrial de São Paulo, o maior e mais diversificado do Brasil, registrou desempenho positivo em setembro em todas as comparações da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional. A melhora, porém, ainda é concentrada em algumas atividades, como a fabricação de derivados da cana de açúcar e de veículos automotores, frisou Rodrigo Lobo, analista da Coordenação de Indústria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

"Não se pode dizer que é uma recuperação muito consistente. É influenciada por uma base de comparação baixa e por crescimentos concentrados em determinadas atividades", apontou Lobo.

A indústria alimentícia responde por 13,3% do parque fabril paulista, enquanto o setor de veículos automotores tem participação de 14,1%. Na passagem de agosto para setembro, o avanço de 1,3% teve nova contribuição da fabricação de derivados de cana de açúcar (cristal, refinado, VHP e melaço de cana), mas também de derivados de petróleo e biocombustíveis.

"Os quatro derivados da cana de açúcar representam 40% da indústria alimentícia de São Paulo e quase 6% de toda a indústria paulista", apontou Lobo.

Embora o desempenho da região tenha ajudado a elevar a média global da indústria no mês, a maior contribuição para a alta de 0,2% na indústria nacional em setembro ante agosto foi do Rio de Janeiro.

A produção da indústria fluminense cresceu 8,7% no período, a maior taxa desde março de 2009, quando tinha crescido 9%.

"O resultado é puxado pelo setor de derivados de petróleo e biocombustíveis no Rio de Janeiro, retomando ao patamar de junho. Em agosto e setembro, a indústria do Rio cresce 12,1%. Em julho, ocorreu parada para manutenção de uma refinaria", explicou o analista do IBGE.

A atividade de derivados de petróleo e biocombustíveis representa praticamente um quarto da indústria fluminense, enquanto as indústrias extrativas pesam outros 37%. "As duas atividades pesam em torno de 60% da indústria do Rio de Janeiro. Variações nessas atividades costumam ter influência significativa na indústria fluminense", lembrou Lobo.

Apesar da melhora em setembro, a indústria do Rio ainda opera 14,8% abaixo do pico de produção alcançado em fevereiro de 2011, enquanto o parque fabril paulista está funcionando 19,4% aquém do ponto máximo registrado em março de 2011.

Na comparação com setembro de 2016, os dois estados também tiveram crescimentos expressivos, sendo um avanço de 5,0% em São Paulo e de 11,3% no Rio de Janeiro.

No Rio, cinco das 14 atividades pesquisadas registraram aumento na produção, com destaque para as elevações em derivados de petróleo (+46,7%, a maior taxa desde março de 2011), e veículos automotores (+60,5%, após uma alta de 63,8% em agosto).

"Boa parte dessa atividade de veículos tem como foco a exportação, especialmente os automóveis. Isso de certa forma permanece. Ainda que ainda não haja demanda doméstica aquecida, parte dessa produção está sendo escoada para o mercado externo. A atividade de veículos aparece entre os principais impactos positivos em vários estados produtores", citou Lobo.

Em São Paulo, 11 das 18 atividades locais tiveram crescimento em setembro ante setembro de 2017, com avanços mais relevantes na indústria alimentícia (+11,4%) e veículos automotores (+15,5%). O Estado puxou o aumento de 2,6% na média nacional da indústria no período.

O índice de difusão em São Paulo ficou em 51,1% em setembro ante 56,9% em agosto. Em julho, o porcentual de produtos com aumento na produção já tinha ficado acima de 50%, aos 52,1%.

"A última vez com a maioria de produtos em alta em São Paulo por três meses seguidos foi de setembro a novembro de 2013", lembrou o pesquisador do IBGE.

Fonte: Estadão Conteúdo
Texto extraído da revista Dinheiro Rural
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
22/11/17 - Encomendas de bens de capital nos EUA caem, mas mercado de trabalho segue forte
  - Reservatórios do Norte operam abaixo de 18% da capacidade
  - Pequenas descoladas
  - Comissão da UE diz que 6 países da zona do euro podem quebrar regras orçamentárias em 2018
  - Petróleo registra alta com dados dos EUA e expectativa de reequilíbrio
  - Taxas futuras de juros rondam estabilidade, após abrirem com viés de alta
  - Liquidações de nuclear e cotas das hidrelétricas registram 100% de adimplência
  - Itaipu alcança marca histórica de 2,5 bi de MWh em produção acumulada
  - Após duas sessões de quedas, soja testa leves altas em Chicago nesta 3ª feira
  - Yellen ainda prevê recuperação da inflação nos EUA mas diz estar "bastante incerta"
  - CBOT: Mercado de grãos deve abrir em alta; feriado amanhã reduz liquidez
  - Plenário analisa urgência para projeto que cria Política Nacional de Biocombustíveis
  - Soja: Brasil: Estoques da safra 2016/17 deverão crescer 114% frente a anterior
  - Bolsas europeias buscam direção, de olho na Alemanha, Reino Unido e Fed
21/11/17 - CBOT: Mercado de grãos deve abrir em queda; soja tem menor demanda
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Melhora na indústria de SP é concentrada em algumas atividades, diz IBGE
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/