Quarta-feira, 22 de novembro de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Dólar sobe ante real com maior cautela sobre reforma da Previdência  

10/11/2017 - O dólar encerrou a sexta-feira em alta ante o real, em sintonia com o exterior e com os investidores cautelosos com as negociações políticas do governo do presidente Michel Temer para tentar votar a reforma da Previdência após os conflitos internos no PSDB, legenda que faz parte da base de apoio.

O dólar avançou 0,63 por cento, a 3,2805 reais na venda, acumulando na semana queda de 0,80 por cento, a primeira após três altas semanais seguidas que acumularam valorização de 5 por cento.

Na mínima do dia, a moeda norte-americana marcou 3,2513 reais e, na máxima, 3,2834 reais. O dólar futuro tinha alta de cerca de 0,80 por cento no final da tarde.

"Esse racha do PSDB prejudica a situação (para a votação da reforma da Previdência)", afirmou o analista-chefe da corretora Rico, Roberto Indech.

Na véspera, o presidente licenciado do PSDB, senador Aécio Neves (MG), retirou o também senador Tasso Jereissati (CE) do comando interino da legenda. O movimento se deu num momento de racha interno do PSDB, onde uma parcela dos tucanos, entre eles Tasso, defende o desembarque do partido do governo federal, enquanto uma outra, que tem Aécio entre seus expoentes, defende a permanência.

Nos últimos dias, o governo concentrou esforços para conseguir tirar do papel ainda este ano a reforma da Previdência e já se conformou com um texto mais enxuto. Depois de Temer sinalizar no começo da semana que poderia desistir da reforma, a força-tarefa do governo que se seguiu voltou a trazer o benefício da dúvida aos mercados financeiros, mas sempre com bastante cautela.

Especialistas ouvidos pela Reuters, no entanto, avaliam que Temer tem poucas chances de conseguir aprovar a reforma, mesmo numa versão mais enxuta. Além da reforma da Previdência, o governo também precisa do Congresso para assegurar outras medidas fiscais imprescindíveis para o Orçamento de 2018, e a tarefa não é fácil.

Em meio a esse ambiente doméstico, no exterior cresceram as preocupações com a reforma tributária do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Na véspera, os republicanos do Senado apresentaram um plano tributário diferente da versão dos deputados em vários tópicos importantes, incluindo a maneira como tratam a taxa corporativa, a dedução para Estados e as taxas locais, além das estatais.

O dólar registrava leve oscilação ante uma cesta de moedas, mas subia frente a divisas de países emergentes como os pesos chileno e mexicano.


Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
22/11/17 - Entrada de dólares supera saída em US$ 8,579 bi no ano até 17 de novembro, diz BC
  - Estoques de petróleo nos EUA caem 1,855 milhão de barris na semana
  - Sauditas pressionam para prorrogar por 9 meses acordo de cortes da Opep, dizem fontes
  - Dólar tem leves oscilações ante real à espera de reforma da Previdência
  - Plenário analisa urgência para projeto que cria Política Nacional de Biocombustíveis
  - Encomendas de bens de capital nos EUA caem, mas mercado de trabalho segue forte
  - Soja: Brasil: Estoques da safra 2016/17 deverão crescer 114% frente a anterior
  - EUA relatam redução de reservas de petróleo e produção recorde
  - Itaipu alcança marca histórica de 2,5 bi de MWh em produção acumulada
  - Liquidações de nuclear e cotas das hidrelétricas registram 100% de adimplência
  - Reservatórios do Norte operam abaixo de 18% da capacidade
21/11/17 - Mercado de açúcar devolve ganhos e preços despencam em Nova York e Londres
  - Taxas futuras de juros oscilam perto dos ajustes, após abrirem em queda
  - Dólar tem leves oscilações ante real com foco em cena política
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Dólar sobe ante real com maior cautela sobre reforma da Previdência
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/