Domingo, 19 de novembro de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Emissões de CO2 aumentam após três anos de estabilidade, diz relatório  

13/11/2017 - Após três anos de crescimento considerado estável, a concentração de dióxido de carbono atmosférico atingiu 403 partes por milhão em 2016 e deverá aumentar em 2,5 partes por milhão em 2017.

Como a emissão de gases é um dos principais fatores que levam ao aquecimento global, a notícia vai na contramão das metas do Acordo de Paris -- pacto estabelecido em 2015 por 195 países. O objetivo era conter o aumento da temperatura do planeta em menos de 2º C.

Os dados são de relatório do Global Carbon Project, organização que monitora as emissões de CO2 no mundo e é encabeçada por várias instituições e especialistas ligados aos efeitos das mudanças climáticas.

A notícia também foi destacada em comentário da "Nature Climate Change" e publicada simultaneamente em artigos no "Environmental Research Letters" e no "Earth System Science Data" desta segunda-feira (13).

O relatório prevê ainda que as emissões globais de combustíveis fósseis atinjam um recorde de 37 bilhões de toneladas de dióxido de carbono em 2017, com as emissões totais atingindo 41 bilhões de toneladas, incluindo o desmatamento.

A informação é consistente com notícia recente de que as concentrações de CO2 são agora 145% mais altas que em níveis pré-industriais (antes de 1750).

A divulgação dos dados também ocorre em meio a COP-23, a conferência do clima da ONU que estuda reduzir as emissões de gases do efeito estufa para conter o aquecimento global. Uma das missões da conferência é avançar nas metas estipuladas no Acordo de Paris.


China lidera emissões, mas Estados Unidos diminuíram

Segundo o relatório, quem encabeça as emissões é a China. Lá, as emissões deverão crescer cerca de 3,5% em 2017 -- apesar dos esforços crescentes do país no investimento em economia verde.

Um país que também viu crescer suas emissões foi o Brasil -- que aumentou em 9% a liberação de CO2 em 2016, segundo dados do Observatório do Clima.

O aumento, no entanto, não é uma realidade em todo o mundo. Alguns países diminuíram a liberação de CO2, apesar da crescente atividade econômica. Nos Estados Unidos, por exemplo, espera-se um declínio de 0,4% nas emissões este ano; e, na União Europeia, um decréscimo de 0,2%.

Um outro bom exemplo é a Índia, que já chegou a aumentar em 8% suas emissões todos os anos na década passada, e deve registrar apenas 2% de aumento esse ano.

A análise, no entanto, é que esses esforços ainda são insuficientes: em 2018, as emissões de CO2 provavelmente não vão diminuir.


Fonte: Portal G1
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
17/11/17 - Confira a previsão do tempo para o fim de semana em todo o Brasil
  - COP-23 termina nesta sexta com avanços discretos na implementação do Acordo de Paris
  - Papa diz que negar mudanças climáticas é "atitude perversa"
  - Cresce a confiança do consumidor, indica pesquisa do SPC e CDNL
  - 20 países planejam abandonar o uso do carvão até 2030
  - Clube da Cana reúne setor sucroenergético para planejar o futuro da produção no País
  - Economia brasileira vive período de desinflação e recuperação, diz Goldfajn
  - Chuva favorece pastagem pelo Brasil
  - País adota compromisso por biocombustíveis
  - Exportações do setor agropecuário crescem mais de 150% em um ano
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Emissões de CO2 aumentam após três anos de estabilidade, diz relatório
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/