Sexta-feira, 24 de novembro de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Petrobras diz que variação dos combustíveis é resultado de aumento de tributos  

14/11/2017 - O presidente da Petrobras, Pedro Parente, afirmou que entre 15 de outubro de 2016 a 31 de outubro de 2017, a variação de preços dos combustíveis derivada da ação da política da empresa ficou em 1,4% neste período. No entanto, se for levada em consideração a alteração dos tributos, o percentual de variação do preço da gasolina sobe para 22,1%. "Acho importante trazer este dado para mostrar que, realmente, a grande variação de preços que aconteceu não tem nenhuma ligação maior com a nova política e, sim, com o aumento de tributos do governo federal", disse, durante entrevista na sede da empresa para apresentação dos resultados da Petrobras no terceiro trimestre de 2017 e dos nove meses do ano até setembro.

O presidente acrescentou que a política de preços adotada pela companhia, que permite ajuste diário das margens da empresa ao valor dos derivados no mercado internacional, ajudou ainda a não aumentar as importações dos combustíveis. "Se, eventualmente, não estivéssemos praticando a política, o que a gente poderia ver era um estímulo maior a importações, portanto, um market share [participação no mercado] ainda mais reduzido em relação àquele que temos hoje. Não temos nenhuma dúvida do acerto dessa política de reajustes diários, e se ela não estivesse existindo, o que a gente poderia estar vendo, na realidade, seria um estímulo maior à importação. Com essa política, nós conseguimos manter esta situação no nível em que está, embora, obviamente, como qualquer empresa, desejamos um market share maior", apontou.

Ainda na entrevista, Parente revelou que, até o fim do ano, a companhia vai divulgar a revisão no seu plano estratégico. "Não devem esperar uma revisão radical. Não é uma revisão radical do plano. São revisões pontuais, exatamente porque entendemos que o plano, como foi elaborado, continua bastante adequado", afirmou.


Investimentos

Sobre as plataformas FPSO (sigla em inglês para Unidade Flutuante de Produção, Armazenamento e Transferência), o diretor de Desenvolvimento da Produção e Tecnologia, Roberto Moro, informou que a companhia vai contratar três unidades no ano que vem. "Nós temos Búzios já em processo de licitação e temos Marlim e Parque das Baleias".


Dividendos

A Petrobras ainda vai avaliar o pagamento de dividendos aos acionistas em 2017. De acordo com o diretor da Área Financeira e de Relacionamento com Investidores, Ivan Monteiro, vai depender do resultado final da empresa. "A companhia sempre declarou que, se o resultado final for positivo, sim, a companhia pagará dividendos", disse, sem querer indicar qual é a perspectiva. "Tem que esperar o final do ano".


Desempenho financeiro


O diretor destacou a mudança no perfil de endividamento da Petrobras e disse que, graças ao trabalho que vem sendo feito, além de alongar o período de vencimento da dívida, houve redução no custo financeiro. "Essa mudança do perfil, gera muita tranquilidade com a posição de caixa da companhia. A companhia tem caixa suficiente. A Petrobras poderia ficar, praticamente, três anos sem ir a mercado [para buscar capitalização], comparando o valor do principal com o que temos em nosso caixa", afirmou.

Cristina Indio do Brasil com edição de Davi Oliveira
Fonte: Agência Brasil - ABr
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
24/11/17 - Petrobras anuncia queda de 1,80% no preço da gasolina e de 0,50% no diesel
  - Endividamento das famílias cai a 41,4% em setembro, revela BC
  - Petrobras corta preço da gasolina em 1,8% após duas altas consecutivas
  - Dólar fecha 3ª semana de queda e vai a R$3,23, com maior otimismo sobre Previdência
  - Ecorodovias diz que caixa está robusto e perfil de dívida está confortável
  - RenovaBio pode começar a funcionar a partir de 2019
  - Rússia segue como maior fornecedor de petróleo da China pelo 8° mês
  - Grandes do petróleo brigam na China e azarão quer 2º lugar
  - Sauditas devem disputar mercado de petróleo após IPO da Aramco, diz JP Morgan
  - Chuvas irregulares atrasam plantio de soja
  - Excesso de chuvas pode reduzir ainda mais safra de grãos no PR
  - Aprovação do RenovaBio vai ser "virada de mesa" para o setor
  - Empresas da China, Índia e Irã conversam sobre refinaria de até US$10 bi no país
  - Hidrelétrica de Jirau é a usina com maior disponibilidade de geração do país
23/11/17 - RenovaBio tramitará em regime de urgência na Câmara
  - Biocombustível: setor diz que negociação ampla favorece tramitação do RenovaBio
  - Câmara encerra sessão sem votar MP do Funrural, que caduca em 28/11
  - Petrobras anuncia novo reajuste na gasolina; preço sobe 7% em dois dias
22/11/17 - ANTT terá de dar informações sobre obras de duplicação na serra de Petrópolis
  - Plenário analisa urgência para projeto que cria Política Nacional de Biocombustíveis
21/11/17 - Petrobras anuncia queda de 2,6% no preço da gasolina e alta de 0,6% no diesel
  - Petrobras anuncia novo corte em gasolina; preço cai 2,6% a partir de quarta-feira
  - Barril de petróleo recua com mercado mais cauteloso antes de reunião da Opep
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Petrobras diz que variação dos combustíveis é resultado de aumento de tributos
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/