Domingo, 22 de abril de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Energia Aumentar a letra    Diminuir a letra
CS Bioenergia realiza testes de geração de energia através de resíduos da Ceasa no PR  

12/01/2018 - A CS Bioenergia deu início nesta semana a mais uma fase de implantação de sua usina de biogás, com o recebimento de 30 toneladas de resíduos do Ceasa do Paraná, um dos grandes geradores da região metropolitana de Curitiba. O objetivo é comissionar o maquinário e efetuar testes preliminares de funcionamento. Os resíduos são compostos de embalagens, sacolas plásticas e em sua fração orgânica de restos alimentares, frutas, vegetais, entre outros.

Fabiana Campos, presidente da empresa, afirma que o equipamento é um dos mais modernos que existe hoje no mundo e tem capacidade de separar o material inerte do orgânico. "A tecnologia implantada é o estado da arte em separação de resíduos sólidos, o moinho de martelo corta, tritura, diluí e separa os resíduos, o que nos permite reaproveitar o máximo da fração orgânica. Após a certificação a usina pode receber diariamente um volume de até 200 toneladas de resíduos".

Campos ainda conta que o material coletado do Ceasa é transportado até a usina em caminhões, que depositam os resíduos em um banker, que transporta automaticamente para o moinho de martelo, que tritura e separa a fração orgânica das embalagens.

A fração orgânica é bombeada para os biodigestores onde é mistura ao lodo de esgoto da estação de tratamento. A massa homogeneizada é agitada através de agitadores e aquecida, produzindo assim o biogás, que será utilizado para gerar energia elétrica de forma limpa e sustentável.

O sistema de separação rotativo integrado separa e direciona a fração orgânica para os tanques de biodigestão através de bombas. O sistema integrado corta as embalagens, lava e separa para serem reaproveitados como combustível alternativo. "O processo permite a conversão de resíduos que antes eram destinados a aterros sanitários em um ativo energético valioso e reutilizável de maneira sustentável protegendo o meio ambiente", explicou a executiva.

Na avaliação do presidente da Associação Brasileira de Biogás e Biometano, Alessandro Gardermann, a nova etapa de geração de biogás da CS Bioenergia comprova que o setor no Brasil tem todas as condições tecnológicas de atender às demandas do mercado nacional para geração desse tipo de energia. "Uma indústria do biogás começa a se erguer e se consolida como uma commodity ambiental".

A companhia já opera gerando biogás a partir do lodo da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Belém. A capacidade da usina, quando em pleno funcionamento, é de 2,8 MW, energia suficiente para atender a demanda de 2 mil casas populares.

Por fim, falta apenas a aprovação da Aneel para a conexão da energia na rede. "O objetivo agora é conectar a planta à rede de distribuição da Copel. Aguardamos somente a liberação do órgão regulador, a Aneel, o que deve acontecer em janeiro de 2018", prevê Fabiana Campos.


Fonte: CanalEnergia
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
20/04/18 - Dólar sobe e termina semana em R$3,41, seguindo exterior
  - Agro fecha mais de 17 mil vagas formais em março
  - Safras eleva estimativa de exportação de soja do Brasil em 2018/19 para 70,5 mi t
  - Saldo de emprego formal foi positivo em 56.151 vagas em março, mostra Caged
  - Produção industrial deve ter avançado 1,1% em março ante fevereiro, diz Ipea
  - Volume cai 0,6% no Sul e reservatórios operam abaixo de 69%
  - Light direciona mais de R$ 25 milhões para projetos de eficiência energética
  - Consumo de energia aumentou 3,2% em abril, afirma CCEE
  - Sebrae, BB e WEG anunciam parceria de fomento a geração solar distribuída no MT
  - Eletropaulo irá aplicar mais de R$ 111 milhões na Grande SP até 2022
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
CS Bioenergia realiza testes de geração de energia através de resíduos da Ceasa no PR
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/