Quinta-feira, 18 de outubro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Agência Internacional de Energia vê alta na produção de petróleo no País  

14/02/2018 - A Agência Internacional de Energia (AIE) elevou a previsão para a produção e a demanda de petróleo no Brasil. Em seu relatório mensal, divulgado nesta terça-feira, 13, a agência diz que a demanda do Brasil por petróleo deve passar dos 3,09 milhões de barris por dia (bpd) no ano passado para 3,15 milhões de barris diários este ano. Já a produção do País deve subir de 2,74 milhões de barris por dia no ano passado para 2,89 milhões de barris diários em 2018.

A AIE também elevou a estimativa de expansão da demanda global de petróleo este ano de 1,3 milhão de barris por dia para 1,4 milhão de barris, refletindo as expectativas de crescimento econômico mundial neste ano. A expansão da demanda prevista para o ano de 2018, porém, é menor que a projetada para 2017, que teria sido de aumento de 1,6 milhão de barris diários. "Retardam o crescimento da demanda em 2018 os preços mais altos do petróleo, a diminuição da necessidade da China por energia e as transações de combustíveis em países não pertencentes à OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, que reúne os países mais ricos do mundo)", avaliou a AIE.

A agência ponderou, no entanto, que embora a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) esteja comprometida em reduzir a exploração do óleo, há sinais de aumento de oferta, especialmente vindos dos Estados Unidos.

"Todos os indicadores sugerem que um crescimento rápido continuado nos Estados Unidos estão em perfeito alinhamento, como alta dos preços do barril do petróleo, aumento das perfurações e ampliação da produção nas áreas de xisto", comentou a AIE, que projeta que o país possa ultrapassar a Rússia e a Arábia Saudita na extração de óleo.

Onda. Para a AIE, os produtores de xisto dos Estados Unidos desfrutam de uma segunda onda de crescimento por causa da redução dos custos de exploração. "O aumento da produção fora da Opep, principal nos EUA, pode superar o crescimento da demanda global", diz.

Durante o mês de janeiro, a oferta global de petróleo caiu para 97,7 milhão de barris por dia na comparação com o mês anterior. Mas, em relação a janeiro de 2017, houve um aumento de 1,5 milhão de bpd. De acordo com a AIE, a produção de petróleo dos 14 membros da Opep ficou inalterada em 32,16 milhões de bpd no mês passado.

Em comentário sobre as perspectivas de valores, a AIE afirmou que os fundamentos neste começo de 2018 dão "menos apoio aos preços". Ao mesmo tempo, a agência vê que o mercado tem sido muito dinâmico e pode mudar nos próximos meses, dada a crise na Venezuela e o dinamismo da economia global. "Como resultado, os preços podem se manter níveis recentes, mesmo com o aumento da produção dos EUA."

14/02/18
Mateus Fagundes e Gabriel Bueno da Costa

Fonte: O Estado de S. Paulo
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
17/10/18 - CBOT: grãos tendem a abrir em queda com clima favorável nos EUA
  - Guerra Comercial entre EUA e China estimula aumento da área de soja na América do Sul
  - Brasil cai para 72ª posição em ranking de competitividade
  - Soja: Com previsão de melhora do clima nos EUA, mercado em Chicago ainda opera estável nesta 4ª
  - Não mencione preço do petróleo: ameaça legal dos EUA provoca mudança na Opep
  - Estoques de petróleo avançam 6,49 milhões de barris na semana nos EUA
  - Produção de petróleo do Irã pode cair a 2,5 mi bpd com sanções dos EUA, diz FCStone
  - Petróleo reverte tendência positiva e recua, com possível realização de lucros
16/10/18 - EUA: Embarques semanais de milho alcançam 997 mil toneladas
  - Shell: ponto de equilíbrio dos projetos deve ser inferior a US$ 30 por barril
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Agência Internacional de Energia vê alta na produção de petróleo no País
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/