Sexta-feira, 14 de dezembro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Setores de soja e cana impulsionam contratações no MS  

07/03/2018 - O setor agropecuário registrou mais um ganho positivo para a economia brasileira. Depois de obter destaque positivo na participação do Produto Interno Bruto (PIB), agora foi a fez da geração de empregos.

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) registrou que foram oferecidos 798 novos postos de trabalho em janeiro deste ano, número quase três vezes maior do que o mesmo período em 2017.

Outro destaque foram os setores que mais contrataram: as atividades agrícolas ligadas ao cultivo de cana-de-açúcar somaram 272 postos e na soja, 257 novos empregos.

Quanto ao perfil das contratações é possível observar que a maioria dos novos empregados na agropecuária sul-mato-grossense possuem de 18 a 24 anos, ocupando 36,7% das vagas. Com um pouco menos, a faixa etária de 30 a 39 anos, com 29,4% postos.

Na avaliação do presidente do Sistema Famasul - Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, o resultado do Caged reforça que o agro é um setor de oportunidades.

"A tecnologia empregada no Agro tem exigido trabalhadores capacitados. O levantamento mostra que, considerando a agropecuária, MS ocupa o 6º lugar no ranking nacional. São números expressivos que destacam a importância do setor para o desenvolvimento estadual e nacional".

De acordo com a análise do economista da federação, Luiz Gama, os números estão atrelados à temporada de colheita da oleaginosa e ao potencial do setor sucroenergético. "A soja hoje é o carro-chefe na geração bruta de valor de produção e estamos em plena colheita, logo é um período de mão de obra mais intensivo".


Centro de capacitação

Saito pontua, ainda, que para suprir a demanda por mão de obra capacitada será inaugurado, em Campo Grande, o Centro de Excelência em Bovinocultura de Corte do SENAR. "Mato Grosso do Sul possui o 4º maior rebanho do País, é referência nacional em produção bovina e tem um elevado nível de tecnificação. O Centro de Excelência auxiliará, assim, na formação de profissionais ainda mais qualificados para o mercado". A inauguração será realizada nesta quarta-feira (07), durante a Dinapec 2018, na Embrapa Gado de Corte.

O estado foi escolhido para a construção do Centro devido à vocação para a pecuária, referência para o mercado interno e externo. O Centro de Excelência em Bovinocultura de Corte é a segunda unidade de uma rede integrada de ensino voltada para educação profissional e tecnológica a ser inaugurada pelo Sistema CNA/Senar.

O especialista técnico em Bovinocultura de Corte será capaz de atuar em propriedades rurais, empresas de consultoria, agroindústrias, instituições de assistência técnica, extensão rural e pesquisa, comercialização de equipamentos e produtos agrícolas, cooperativas, associações rurais, entre outros.

A área do centro é de aproximadamente 1.950 m² distribuídos em sete blocos e uma configuração modular, com laboratórios didáticos e de informática, área de convivência e outros departamentos, levando em consideração a acessibilidade para atender pessoas com necessidades especiais.

06/03/18
Aline Oliveira

Fonte: Correio do Estado - Campo Grande/MS
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
14/12/18 - Brasil está pronto para eventual retirada de taxa chinesa à soja dos EUA, diz Maggi
  - Seis municípios concentravam 25% do PIB do Brasil em 2016
  - Juros passam a cair com desaceleração do dólar e leitura de Selic estável
  - Superávit da balança comercial em 2019 deve ser 38% maior que em 2018
  - Bolsas asiáticas fecham em baixa generalizada, após decepção com dados chineses
  - "Venda direta de etanol não é favorável ao Brasil", diz Ex-Ministro Maílson da Nóbrega
13/12/18 - Por eficiência no RenovaBio dos etanóis, da cana será mais líder no 2G, com o de milho importado
  dobrando o CO2 do feito aqui
12/12/18 - São Martinho e Cosan anunciam cisão das operações da Usina Santa Luiza
  - No MS, chuva dá trégua e usinas aceleram ritmo de moagem na última quinzena de novembro
11/12/18 - Chuva dá trégua e usinas aceleram ritmo de moagem na última quinzena de novembro
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Setores de soja e cana impulsionam contratações no MS
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/