Segunda-feira, 18 de junho de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Etanol Aumentar a letra    Diminuir a letra
EUA serão exemplo na implantação do Renovabio  

12/03/2018 - Sancionada em dezembro de 2017 pelo presidente da República, Michel Temer, a lei do Renovabio deve ser publicada na próxima semana. Após a regulamentação, a ideia é de que uma equipe viaje aos Estados Unidos, país pioneiro na produção de biocombustíveis, para pegar informações de como esse programa foi implantado em território norte-americano.

"O que vamos fazer é aprender com uma experiência anterior. Pegaremos as principais informações do que funcionou e não funcionou lá, de que forma podemos implantar aqui no Brasil, guardadas as nossas especificidades, para que seja feita da forma mais harmônica, discutida, democrática e transparente possível, para que o programa tenha o efeito que a gente espera", pontua o diretor da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Aurélio Nogueira Amaral.


O que vem a seguir?

De acordo com Amaral, os próximos passos já estão definidos. "Saindo o decreto que define as competências, as regras de comercialização e o comitê que irá estabelecer as metas nacionais, a ANP só fará uma segunda resolução com esses critérios de comercialização, e, em paralelo, está construindo junto com órgãos, como bolsa econômica, agentes econômicos e setor produtivo, os outros requisitos necessários para a segunda regulamentação, para que, conforme o cronograma da lei, a gente possa iniciar as etapas finais em 2019", conta.

A promessa de publicação da lei acalmou o setor produtivo, que há quase três meses vivia na expectativa. O diretor superintendente da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Donizete Tokarski, diz que o programa vem na hora certa. "Atendendo as exigências para cumprir as mitigações, a redução de emissões, que o Brasil também subscreveu na COP 21. Estamos preparados para tomar as iniciativas necessárias ao cumprimento do RenovaBio", afirma.

Além de estar em jogo o incentivo e o aumento da produção dos combustíveis renováveis, como etanol, biodiesel e biogás, o programa também vai ajudar na redução de emissão de gases do Efeito Estufa. A meta é garantir a redução em 43% até 2030.

Segundo dados da ANP, o Brasil é o sétimo maior consumidor de derivados de petróleo no mundo, mas ainda depende do mercado externo. A expectativa é de que esse cenário mude assim com o RenovaBio. "É um programa que vai aumentar a industrialização do setor, ampliar as usinas no interior do país, gerando emprego, renda e, acima de tudo, melhorando a qualidade de vida dos brasileiros", defende Tokarski. O diretor da Ubrabio acrescenta que além da parte ambiental, a ação impacta na redução de efeitos colaterais, como as internações e mortes provocadas, segundo ele, pelos combustíveis fósseis.

O especialista de Políticas Públicas do ministério de Minas e Energia, Gustavo Mota, explica como será calculado o crédito de carbono para quem aderir ao programa. "A empresa que se voluntariar a participar do programa terá seu processo produtivo certificado. Será dada uma nota de 0 a 10 para toda a sua estrutura de produção. A classificação será multiplicada pelo volume de biocombustível produzido. O produto dessa conta resultará em uma quantidade de crédito de descarbonização, que eles poderão emitir e usar em negócios na bolsa de valores", esclarece.

09/03/18
Fonte: Canal Rural
Texto extraído do Portal Biomassa e Energia
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
15/06/18 - Dólar cai mais de 2% após BC reforçar atuação e volta a R$3,73
  - Importações de soja pela China devem crescer 6% no ciclo 2018/19
  - Soja reduz perdas em Chicago nesta 6ª feira, mas tensões entre EUA e China seguem em foco
  - Venezuela deve exportar menor volume de petróleo à China em quase 8 anos, dizem fontes
  - Variação do dólar traz riscos para o agronegócio
  - Venda direta de etanol a postos prejudica consumidor, diz Adriano Pires
  - Consumo de etanol no Brasil cresce em 2018
  - Preços do açúcar têm forte queda em Nova York e Londres
  - Novos tempos: atividade canavieira tem maior formalização do agronegócio
14/06/18 - Pesquisador do IFRR cria aditivo de biodiesel com óleo de fruta nativa da Amazônia: ´economia de
  40%´
  - Proposta de venda direta de etanol a postos é contestada por produtores e distribuidores
  - Projeto que autoriza venda direta de etanol divide setor; governo prepara estudo
13/06/18 - Proposta que permite venda direta de etanol aos postos ganha urgência no Senado
  - Escolha mais racional
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
EUA serão exemplo na implantação do Renovabio
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/