Terça-feira, 25 de setembro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Dólar renova máxima do ano, a R$3,4261, com cautela antes de 1ª pesquisa depois de prisão de Lula  

13/04/2018 - O dólar terminou a sexta-feira em alta e renovou o maior nível ante o real desde dezembro de 2016, com investidores adotando postura mais cautelosa nesta véspera de fim de semana, de olho na cena política local e riscos geopolíticos globais.

O dólar avançou 0,53 por cento, a 3,4261 reais na venda, maior nível desde 5 de dezembro de 2016. Na semana, acumulou alta de 1,72 por cento. A moeda marcou a mínima de 3,3970 reais e a máxima de 3,4314 reais. O dólar futuro tinha alta de 0,40 por cento.

"O final de semana acaba gerando um movimento mais protecionista", explicou um gestor de uma corretora nacional.

O mercado estava na expectativa da divulgação da primeira pesquisa de intenção de voto após a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que vinha liderando os levantamentos.

No fim de semana, sai pesquisa Datafolha sobre o pleito de outubro e os agentes estarão de olho na posição dos possíveis candidatos, tendo como pano de fundo a questão do ajuste das contas públicas.

"A expectativa recai sobre o desempenho de candidatos tidos como reformistas", disse o operador da Advanced Corretora Alessandro Faganello.

No exterior, o foco estava voltado para o cenário geopolítico. A perspectiva de uma ação militar do Ocidente na Síria que possa levar à confrontação com a Rússia pairava sobre o Oriente Médio nesta sexta-feira, mas não estava claro se um ataque dos Estados Unidos era iminente.

"O iminente risco de uma perigosa escalada da situação (dos Estados Unidos) com a Rússia, aliada do regime de Bashar al-Assad, segue como o foco do risco para investidores", argumentou a corretora H.Commcor em relatório.

Com as tensões sob controle, por enquanto, o dólar operava próximo da estabilidade ante a cesta de moedas e caía ante as divisas de países emergentes, como os pesos mexicano e chileno.

O Banco Central vendeu todo o lote de 3,4 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, rolando 850 milhões de dólares do total de 2,565 bilhões de dólares que vencem em maio.

Se mantiver esse volume e vendê-lo integralmente, o BC rolará o valor total dos swaps que vencem no próximo mês.

Claudia Violante
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
24/09/18 - Com menos grão disponível, soja se mantem em alta no Brasil
  - ANP divide mercado ao forçar transparência nos preços
  - Milho: Focado na safra dos EUA, mercado volta a testar ligeiras valorizações no pregão desta 2ª em
  Chicago
  - Após melhor semana do ano, índice Bovespa recua por realização com eleição e exterior no radar
  - Relação déficit primário/PIB em 2018 passa de 2,05% para 2,03% no Focus do BC
  - USDA: Embarques semanais de soja dos EUA ficam dentro do esperado; milho supera
  - Guerra China x EUA efetiva mudança na dinâmica do comércio global de soja
  - CBOT: soja e milho tendem a abrir em queda; trigo deve abrir em alta
  - USDA informa venda de 162 mil t de soja para destinos não revelados
  - Dólar sobe ante real com correção e à espera de pesquisa eleitoral
  - Dólar sobe ante real com correção e à espera de pesquisa eleitoral
21/09/18 - Dólar reverte trajetória e cai para R$4,03 com cena eleitoral
  - Dólar sobe ante real com exterior; pesquisa eleitoral suaviza alta
20/09/18 - Dólar recua abaixo de R$4,10 com exterior e após Datafolha mostrar empate na segunda colocação
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Dólar renova máxima do ano, a R$3,4261, com cautela antes de 1ª pesquisa depois de prisão de Lula
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/