Sexta-feira, 20 de abril de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Agência da ONU elogia práticas brasileiras de conservação do solo  

16/04/2018 - O Brasil tem boas práticas de conservação de solos, como, por exemplo, a integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), mas é preciso divulgá-las ainda mais entre os agricultores, destacou na última quinta-feira (12) o representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) no Brasil, Alan Bojanic, durante o seminário "Conservação de solo: Sustentabilidade na produção de alimentos e na segurança hídrica", realizado em Brasília (DF).

A integração lavoura-pecuária-floresta é uma estratégia de produção agropecuária que reúne diferentes culturas para aumentar a produtividade do agronegócio de maneira sustentável. O evento foi promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em comemoração ao Dia Nacional da Conservação do Solo, celebrado no neste último domingo (15).

Bojanic participou do painel "Atuação da FAO como fórum multilateral no fomento à conservação de solos no Brasil e no mundo". O representante da agência da ONU fez um alerta para o crescimento mundial de áreas degradadas e afetadas pela desertificação no mundo. "Trinta e três por cento dos solos no mundo estão degradados", disse. Segundo ele, a América Latina responde por 14% das áreas degradadas do mundo; o Caribe, por 26%, e a América do Sul, por 14%. Dezoito países latino-americanos têm mais de 20% de seu território degradado.

"A conservação dos solos é um tema muito importante para a FAO. Em 2015, tivemos o Ano Internacional dos Solos para poder conscientizar a sociedade civil e os responsáveis pela tomada de decisões sobre a profunda importância do solo para a humanidade", afirmou Bojanic.

Segundo o representante da FAO no Brasil, 95% dos alimentos vêm da terra e, por isso, é tão importante a conservação dos solos para a sobrevivência da humanidade. A saúde do solo e sua fertilidade têm uma influência direta sobre o conteúdo de nutrientes de nossas culturas alimentares.

Ele também alertou para a necessidade de aumentar em 60% a produção de alimentos de qualidade já que, em 2050, a população mundial será 29% maior que a atual. O maior crescimento ocorrerá nos países em desenvolvimento, enquanto 70% da população será urbana.

Bojanic destacou a Parceria Mundial do Solo, formada por 400 integrantes, entre membros da FAO e parceiros. A ação visa promover a gestão sustentável dos recursos do solo e melhorar sua governança global para garantir produtividade sustentável; incentivar investimento, cooperação técnica, educação política e conscientização; e promover pesquisa sobre o tema.

O Dia Internacional do Solo, aprovado pela Assembleia Geral das Nações Unidas de 2013, é celebrado anualmente em 5 de dezembro como forma de voltar as atenções para a importância da saúde dos solos e para a gestão sustentável de seus recursos.

Fonte: Datagro
Texto extraído do Portal Universoagro
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/04/18 - Colheita de soja alcança 39,6% da área apta na Argentina, diz Bolsa de Buenos Aires
  - Condições são favoráveis ao trabalho de colheita da cana
  - Tempo: Temperaturas caem sobre a faixa Centro-Sul do país e geadas não estão descartadas
  - Cenário climático e definições da safra devem conferir volatilidade ao milho
  - Confira a previsão do tempo para todo o Brasil
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Agência da ONU elogia práticas brasileiras de conservação do solo
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/