Segunda-feira, 15 de outubro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Dólar segue exterior, cai e volta abaixo de R$3,55  

10/05/2018 - Após três altas consecutivas, o dólar deu uma trégua e fechou abaixo do patamar de 3,55 reais nesta quinta-feira, favorecido pelo recuo global da moeda norte-americana após dados mais fracos de inflação aliviarem a pressão sobre alta de juros adicionais nos Estados Unidos neste ano.

O dólar recuou 1,35 por cento, a 3,5467 reais na venda, depois de acumular alta de 2,62 por cento no mês até a véspera, quando encostou no patamar de 3,60 reais, o maior em dois anos.

Entre fevereiro e abril, a moeda norte-americana já havia saltado 10 por cento. O dólar futuro tinha queda de cerca de 1,35 por cento no final da tarde.

"Esse alívio é momentâneo. Há muitas incertezas ainda. Precisamos ver outros indicadores sobre a economia dos EUA e ainda há a questão eleitoral doméstica", disse o gestor de derivativos de uma corretora local, para quem 3,50 reais agora seria um piso para o mercado.

Neste pregão, os mercados respiraram um pouco mais aliviados depois da divulgação de que o índice de preços ao consumidor nos Estados Unidos aumentou menos do que o esperado em abril.

O dólar caía ante uma cesta de moedas e tinha forte perda ante divisas de países emergentes, como os pesos mexicano e chileno.

"Os rendimentos dos Treasuries estão caindo, a moeda recua no exterior e aqui aproveita para corrigir", afirmou o gerente da mesa de câmbio do banco Ourinvest, Bruno Foresti.

O retorno dos títulos norte-americanos caía, com o papel de dez anos abaixo do nível de 3 por cento tocado recentemente em meio à percepção de que os juros poderiam subir mais intensamente nos Estados Unidos neste ano em meio ao cenário de inflação e atividade mais fortes.

Internamente, o chamado diferencial de juros também influenciava os mercados, diante da expectativa de que o Banco Central brasileiro vai reduzir a Selic na próxima semana para nova mínima histórica, a 6,25 por cento ao ano.

E, com temores de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, possa elevar mais os juros nos Estados Unidos, os investidores tendem a migrar para a maior economia do mundo atrás de rendimentos com baixíssimo risco.

"Mesmo que o BC corte os juros por aqui, o mercado doméstico continua atrativo. Não tanto quanto antes, mas continua", afirmou Foresti, acrescentando que, diante do cenário eleitoral incerto, o dólar deve sofrer mais pressão de alta do que de baixa ante o real.

Apesar do nervosismo que tomou conta das moedas emergentes nos últimos dias, pesquisa Reuters com analistas constatou que, pelo menos para as seis principais divisas latino-americanas, uma parte da perda de valor recente deve ser recuperada nos próximos meses.

O dólar deve ser negociado a 3,40 reais em 12 meses, mostrou a pesquisa, sobre 3,35 reais esperados no levantamento de um mês atrás, enquanto o peso mexicano permaneceu em 18,5 por dólar.

O BC vendeu, pela sexta sessão, a oferta integral de até 8.900 contratos em swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, rolando 2,670 bilhões de dólares do total de 5,650 bilhões de dólares que vence em junho.

Se mantiver e vender esse volume diário até o final do mês, o BC terá rolado integralmente os contratos que vencem no mês que vem e colocado o equivalente a 2,8 bilhões de dólares adicionais.

Claudia Violante
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
15/10/18 - Balança comercial tem superávit de US$ 3 bilhões na parcial de outubro
  - Ibovespa avança com ajustes e cena eleitoral, em dia de vencimento de opções; Smiles desaba
  - Brasil perde US$ 1 bi por ano com barreiras comerciais no exterior
  - Previsão de câmbio para fim de 2018 passa de R$ 3,89 para R$ 3,81, mostra Focus
  - Dólar cai ante real com exterior e otimismo renovado do mercado com Bolsonaro
  - USDA: Embarques semanais de soja dos EUA ficam acima de 1 mi de t e superam expectativas
  - Soja sobe mais de 1% em Chicago nesta 2ª feira com clima no Corn Belt e demanda nos EUA
  - Milho: Futuros do cereal trabalham estáveis em Chicago nesta 2ª feira com atenção à safra dos EUA
  - Soja começa semana com estabilidade em Chicago nesta 2ª feira e foca colheita nos EUA
  - Dólar fecha em queda, abaixo de R$ 3,75, com exterior e cenário eleitoral
11/10/18 - Dólar fecha em alta nesta quinta, com exterior e após pesquisa eleitoral
  - Dólar segue em baixa, mas bate máxima com ajustes antes do feriado local
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Dólar segue exterior, cai e volta abaixo de R$3,55
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/