Sábado, 26 de maio de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Furnas lança ônibus híbrido etanol-eletricidade em Brasília  

11/05/2018 - Furnas participou ontem (9/5), em Brasília, do seminário internacional Eletromobilidade Aplicada ao Transporte Público por Ônibus: Desafios, Benefícios e Oportunidades. Na ocasião, a empresa apresentou o ônibus movido a eletricidade e etanol, parte do projeto de mobilidade urbana da empresa que também conta com outros dois veículos desenvolvidos em parceria com a COPPE UFRJ: um movido a eletricidade e hidrogênio e outro 100% a eletricidade.

"O maior desafio de Furnas é o desenvolvimento tecnológico. Nascemos para fomentar a tecnologia no país", afirmou Claudio Semprine, Diretor de Novos Negócios e de Participações de FURNAS".

O Seminário Internacional é uma iniciativa dos ministérios das Cidades (MCidades) e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), com a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit. O objetivo é ampliar e fortalecer conhecimentos, além de aprimorar a capacidade técnica para compartilhar soluções em eletromobilidade nas cidades.


Potencial de mercado

Para Furnas, o ônibus híbrido movido a etanol destaca-se entre os estudos. Isto porque este veículo tem condições de passar da etapa inicial (cabeça de série) para torna-se um lote pioneiro (pronto para circulação), com produção em escala. O custo inicial do projeto foi de R$ 1,5 milhão.

"Hoje acreditamos que o veículo híbrido a etanol teria capacidade de quebrar o paradigma e entrar no mercado. Um fator facilitador é que a cadeia produtiva do etanol já existe e está consolidada", explicou Nelson de Araújo dos Santos, gerente de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação de FURNAS.

As características do ônibus impressionam: 13 metros, com piso totalmente baixo, ar-condicionado e três portas para corredor expresso, suspensão a ar e autonomia de 400 km para um ciclo urbano. A capacidade de abastecimento de 300 litros de etanol, com conexão bidirecional à rede elétrica, também reforça o conceito do protótipo, que permitirá boas performances com autonomia.

Além do ônibus movido a etanol, os representantes de FURNAS apresentaram detalhes dos projetos da companhia regulados pela ANEEL e relacionados ao tema mobilidade, ambos com tração elétrica: o PD-0394-1250/2012, sobre o desenvolvimento e testes de ônibus urbanos, e o PD-0394-1249/2012, sobre Desenvolvimento e Testes de Embarcações. As entidades parceiras são FURNAS, Finep, COPPE UFRJ, Tracel e LabH2 (Laboratório de Hidrogênio da UFRJ).


Furnas e mobilidade

Furnas coleciona bons resultados no que diz respeito a estudos com ônibus. A companhia já apresentou outros dois veículos, também desenvolvidos pelo Laboratório de Hidrogênio da Coppe, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ): o ônibus movido a eletricidade e hidrogênio, que circula no campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e o ônibus 100% elétrico, já pronto, com previsão de início de testes com passageiros também na universidade.

Até o momento, vêm sendo realizadas as adequações e divulgação dos resultados. Os próximos passos dependem de parceiro privado, que dará continuidade ao processo de inovação.

10/05/18
Natália Fernandes
Fonte: Portal Furnas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
25/05/18 - Parques eólicos da Echoenergia comprovam eficiência em fator de capacidade
  - Engie fecha acordo com cooperativa para instalação de usina solar
  - Empresas adquiriram 465 TWh de energia renovável em 2017, aponta Irena
  - Níveis caem no Norte e reservatórios operam com 70,3%
  - Carga de energia do sistema elétrico deve crescer 1,8% em junho, estima ONS
  - A crise dos combustíveis
  - Índia pode começar a produzir etanol de milho
  - Conheça métodos para aumentar o rendimento fermentativo através de leveduras especiais
  - Interessados têm até 10 de julho para apresentarem proposta de compra da antiga Usina Decasa
  - Greve prejudica segmento sucroalcooleiro
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Furnas lança ônibus híbrido etanol-eletricidade em Brasília
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/