Domingo, 21 de outubro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Europa quer cortar transporte rodoviário pela metade até 2050  

07/06/2018 - Na esperança de barrar o fluxo de caminhões pelas estradas, reduzir o poder de operadores privados e ainda cortar as emissões de CO2, a Europa adotou um plano para cortar em 50% o uso das estradas do continente para o transporte de mercadorias até 2050. Para isso, investiu em apenas cinco anos mais de R$ 100 bilhões.

Mas, diante das dificuldades regulatórias, do custo ainda elevado de certos trechos e da lentidão no transporte dos trens, tem registrado sérias dificuldades para implementar sua estratégia.

Em 1992, a UE estabeleceu como princípio que iria trabalhar ao longo dos anos para reverter a predominância da rodovia como principal meio de transporte de cargas na Europa. Em 2001, foi estabelecido que os governos europeus se comprometeriam inicialmente a não permitir um aumento do transporte de cargas pelas rodovias, em comparação às ferrovias.

E, em 2011, uma estratégia foi estabelecida de transladar 30% do que hoje passa pelas rodovias aos trens até 2030. Para 2050, 50% da carga terá de ir via rodovias em trajetos de mais de 300 quilômetros. Para chegar a esse objetivo, foi estabelecido que apenas a Comissão Europeia destinaria ¤ 28 bilhões em investimentos.

Dificuldades. No entanto, documentos da Corte de Auditoria da Europa, uma espécie de Tribunal de Contas da União, apontam que a estratégia tem tido sérias dificuldades para ser implementadas. "O desempenho do transporte ferroviário na UE continua insatisfatório", destaca.

Segundo o levantamento, não houve uma aumento de participação dos trens no total de carga transportada entre 2000 e 2016. Entre 2011 e 2016, a taxa de transporte ferroviário chegou mesmo a cair, ainda que marginalmente.

Por falta de uma regulamentação única entre os 28 países do bloco, obstáculos administrativos e demoras ao passar de um território a outro estariam entre os principais motivos da lentidão em mudar o modelo de transporte do bloco. Hoje, por conta da burocracia e falta de harmonização de leis entre os países, a média de velocidade de um trem de carga é de apenas 18 quilômetros por hora em certos trechos.

Malha. Atualmente, a Europa conta com 216 mil quilômetros de linhas ferroviárias. Mas, diante da burocracia, exportadores ainda acham no transporte rodoviário uma opção mais econômica.

O resultado é que, hoje, a cada tonelada de carga transportada por trem, três são levadas por caminhões pela Europa.

A participação dos trens passou a ser de 17,8% e, para os auditores, a atual realidade "coloca em risco a meta da Comissão Europeia de transladar 30% do transporte de cargas por rodovias para os trens até 2030".

Se a média ainda é considerada como baixa, alguns países se destacam. Na Áustria, mais de 42% da carga é feita por meio trens, enquanto a fatia chega a 60% na Letônia. Na Suécia, ela chega a 38%, contra 23% na Alemanha.

No lado oposto estão países como a Irlanda (1,1%), Grécia (1,2%), Espanha (4,6%) e Portugal (6%).

Fora da União Europeia, a Suíça que é considerada como um modelo. O país dos Alpes conta com o trem para 48% de seu transporte de carga, inclusive o correio.

A alta proporção foi gerada por conta de pesadas taxas sobre caminhões, a impossibilidade do trânsito de caminhões aos fins de semana, subsídios para trens e limites para o peso a ser circulado pelos Alpes.

Ao mesmo tempo, 5 mil quilômetros de caminhos permitem uma frequência de 140 trens por cada linha por dia por meio de 671 túneis e 6 mil pontes.

Jamil Chade
Fonte: O Estado de S. Paulo
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/10/18 - Soja/EUA: exportadores relatam cancelamentos de 120 mil toneladas para destinos não revelados
  - CBOT: soja tende a abrir em alta; milho e trigo devem abrir em queda
  - USDA anuncia cancelamento de venda de 180 mi t de soja para China nesta 6ª feira
  - Disputa sobre tarifas dos EUA crescem na OMC
  - China registra o menor crescimento trimestral em 9 anos
18/10/18 - Nova gestão herdará pacote de concessões
14/08/18 - Apenas 12,4% das rodovias brasileiras são pavimentadas, revela estudo
31/07/18 - MT publica edital de concessão de rodovias para escoar produção agrícola
28/06/18 - Pedágios das rodovias de SP ficarão mais caros a partir de domingo
22/06/18 - Para retomar transporte de carga, empresas ignoram tabela de frete
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Europa quer cortar transporte rodoviário pela metade até 2050
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/