Domingo, 16 de dezembro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Preços do petróleo operam em alta depois de queda inesperada da produção mensal da Arábia Saudita  

06/08/2018 - Os contratos futuros do petróleo subiam nesta segunda-feira, depois que a produção a Arábia Saudita registrou uma queda inesperada em julho e a atividade de perfuração dos Estados Unidos parecia desacelerar, embora os preços ainda estejam quase 10 por cento abaixo da máxima de 2018 de mais de 80 dólares o barril.

O petróleo Brent LCOc1 subia 0,7 dólar, ou 0,96 por cento, a 73,91 dólares por barril, às 8:33 (horário de Brasília).

O petróleo dos Estados Unidos CLc1 avançava 0,89 dólar, ou 1,3 por cento, a 69,38 dólares por barril.

Os mercados também antecipavam um anúncio de Washington nesta segunda-feira sobre novas sanções americanas contra o grande exportador de petróleo Irã. As sanções devem ser restabelecidas na terça-feira, de acordo com uma autoridade do Departamento do Tesouro dos EUA.

A Arábia Saudita produziu cerca de 10,29 milhões de barris por dia (bpd) de petróleo em julho, disseram duas fontes da Opep na sexta-feira, queda de cerca de 200 mil bpd ante o mês anterior.

Essa queda ocorreu apesar de uma promessa dos sauditas e da Rússia em junho de elevar a produção em julho, com a Arábia Saudita prometendo um aumento "mensurável" de oferta.

"A Arábia Saudita sabe que os EUA realmente querem ver o impacto máximo das sanções contra o Irã, o que significa que eles querem preparar todos os compradores de petróleo iraniano para dizer que `há bastante petróleo no mercado e não tenha medo de romper (as compras) com o Irã´", disse Bjarne Schieldrop, chefe de estratégia de commodities do SEB.

Não se trata de bombardear o mercado com petróleo e empurrar o preço para a casa dos 50 dólares, trata-se de preparar o mercado e facilitar a transição, disse ele. "Não há desejo da Arábia Saudita de pressionar os preços para 50 dólares".

A maioria das exportações de petróleo iraniano vai para a China e a Índia, mas cerca de 20 por cento vai para a Europa, onde as refinarias já cortaram suas compras.

Amanda Cooper
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
14/12/18 - Calendário de leilões de petróleo está mantido, diz futuro ministro
  - NY resiste a usar a alta do petróleo sobre o açúcar e se mantém no superávit global e indiano, em
  particular
13/12/18 - Petrobras reduzirá em 1,51% preço da gasolina na refinaria, 1ª corte desde novembro
  - IEA vê oferta global de petróleo apertando mais rapidamente em 2019
  - Produção da Opep cresce em novembro com recorde saudita, diz AIE
  - Petrobras reduzirá preço da gasolina em 1,51% nas refinarias a partir de sexta
12/12/18 - TCU adia decisão sobre megaleilão de petróleo do pré-sal
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Preços do petróleo operam em alta depois de queda inesperada da produção mensal da Arábia Saudita
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/