Segunda-feira, 15 de outubro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
CBOT: grãos tendem a subir com expectiva de recuo na produtividade da safra dos EUA  

08/08/2018 - Os futuros de grãos devem abrir em alta nesta quarta-feira na Bolsa de Chicago (CBOT). "Fundos de investimento revertem as posições vendidas na soja, especulando a queda expressiva das condições de safra norte-americana", afirma a consultoria ARC Mercosul em relatório. Na visão dos investidores, os dados negativos divulgados no levantamento de acompanhamento de safra do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), nesta semana, sinalizam que o órgão poderá reduzir as produtividades estimadas no relatório de oferta e demanda mundial, que será publicado na sexta-feira (10).

Na última segunda-feira (6), o USDA informou que 67% das lavouras de soja apresentavam condição boa ou excelente até o último domingo (5), uma queda de 3 pontos porcentuais ante a semana anterior. "A redução já era esperada, porém, a magnitude deste reajuste foi além do projetado pelo mercado", afirma a ARC. O desempenho da oleaginosa pode ter sido afetado pelo clima quente e seco no meio-oeste.

Em paralelo, os desdobramentos da guerra comercial entre Estados Unidos e China podem limitar os ganhos da sessão ou levar os contratos de soja para o campo negativo até o fim do dia. Nesta manhã, o Ministério do Comércio da China anunciou tarifas retaliatórias de 25% sobre US$ 16 bilhões em produtos dos Estados Unidos a partir de 23 de agosto. A medida é uma reação, após o Escritório do Representante de Comércio dos EUA (USTR, na sigla em inglês) anunciar ontem que, a partir do mesmo dia 23, haverá tarifas adicionais de US$ 25% sobre US$ 16 bilhões em importações chinesas.

Além disso, as importações chinesas de soja totalizaram 8 milhões de toneladas em julho, volume 21% menor do que o registrado em igual período do ano passado, informou nesta quarta-feira o Departamento de Alfândegas da China. No acumulado de janeiro a julho de 2018, foram importados 52,88 milhões de toneladas, recuo de 3,7%

Quanto ao milho, o impulso nos preços também pode vir do andamento da safra norte-americana. O USDA disse em seu relatório de acompanhamento de safra que 71% das lavouras dos EUA tinham condição boa ou excelente até a semana passada, uma piora de 1 ponto porcentual em relação à semana anterior. O cenário para o trigo é semelhante, devido a piora da qualidade das plantações nos EUA. Segundo o USDA, 74% da safra de trigo de primavera estava em condição boa ou excelente até o último domingo, queda de 4 pontos porcentuais ante a semana anterior.

No overnight, o vencimento novembro da soja avançou 3,50 cents (0,39%), a US$ 9,0925 por bushel. O milho para dezembro ganhou 0,75 cent (0,20%), a US$ 3,7150 por bushel, enquanto o vencimento setembro do trigo subiu 1,25 cent (0,22%), a US$ 5,6950 por bushel.

Nayara Figueiredo com informações da Jones Newswires
Fonte: Broadcast Agro
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
15/10/18 - USDA: Embarques semanais de soja dos EUA ficam acima de 1 mi de t e superam expectativas
  - Soja sobe mais de 1% em Chicago nesta 2ª feira com clima no Corn Belt e demanda nos EUA
  - Dólar cai ante real com exterior e otimismo renovado do mercado com Bolsonaro
  - Milho: Futuros do cereal trabalham estáveis em Chicago nesta 2ª feira com atenção à safra dos EUA
  - Soja começa semana com estabilidade em Chicago nesta 2ª feira e foca colheita nos EUA
  - Soja: USDA corta previsão para safra 2018/19 dos EUA
  - Soja: Processamento atinge 30,9 milhões de toneladas no acumulado do ano
  - Produção de etanol em MG cresce 26% até 01/10
  - Minas pode ter novo recorde, se clima ajudar
  - Safra de grãos 2018/19 poderá chegar a 238,5 milhões de toneladas
11/10/18 - IBGE prevê safra 6% menor que em 2017
  - Conab: 1ª previsão para safra 2018/19 indica aumento de 2,5% a 4,7%, para até 238,5 mi de t
10/10/18 - Chuva desacelera colheita de grãos nos EUA e afeta transporte no Mississippi
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
CBOT: grãos tendem a subir com expectiva de recuo na produtividade da safra dos EUA
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/