Segunda-feira, 22 de outubro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
PIB agropecuário deve registrar queda de 1% em 2018, diz IPEA  

08/08/2018 - O setor agropecuário brasileiro avançou 2,6% entre os meses de maio e junho. O resultado, no entanto, não foi suficiente para evitar a queda no segundo trimestre de 2018, que ficou em 1,9%. É o que mostra o Indicador Ipea de PIB Agropecuário, divulgado nesta terça-feira (07). O destaque positivo ficou por conta da lavoura, com alta de 2,2%, enquanto a pecuária avançou 1,9% ante o mês de maio.

Na comparação com o mesmo período de 2017, o segundo trimestre fechou em queda de 2,9%, explicada pelo comportamento dos componentes lavoura e pecuária, que recuaram 2,0% e 4,7%, respectivamente. "Esse desempenho já era esperado desde o início do ano, por conta de uma super-safra em 2017, que foi excepcional. Então, partimos de uma base de comparação alta", explicou o diretor-adjunto de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Ipea, Marco Cavalcanti. Para os próximos meses, espera-se uma contribuição positiva da pecuária para o PIB.

No entanto, para o ano de 2018, o PIB Agropecuário deve apresentar uma queda de 1%, de acordo com revisão da projeção feita pelo Ipea, com base nas estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o resultado da lavoura no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA). Esse resultado é explicado pelas quedas na lavoura (0,6%) e na pecuária (2,5%), enquanto o segmento "outros" deverá registar aumento de 0,7%.

A tendência dos preços agropecuários no segundo trimestre foi de continuidade e acentuação do movimento de alta devido à elevação das demandas externa e interna, adicionalmente à desvalorização do real frente ao dólar e à oferta relativamente mais restrita. A greve dos caminhoneiros impactou o setor, com efeito sobre o abastecimento e gerando uma demanda represada nos dias subsequentes.

"O setor ainda está passando por um processo de estabilização em relação à mudança nos fretes. Essas alterações têm um impacto diferente a depender do porte do produtor e da distância da produção para os centros de distribuição", pontuou Ana Cecília Kreter, uma das autoras do estudo. A soja, que está em fase de comercialização, apesar de apresentar recuperação nos preços - crescimento de 13,2% no trimestre, em relação ao mesmo período do ano passado -, não atingiu o volume negociado de 2017.

As exportações registraram um aumento de 2,4% na comparação com o segundo trimestre de 2017. "O elevado preço do dólar acaba contribuindo para aumentar a competitividade do produto brasileiro no mercado internacional. O produto brasileiro entra com um valor mais baixo comparado com outros países", esclareceu Ana Cecília.

Um destaque positivo foi o aumento de 61,9% nas exportações do milho em grãos frente a 2017, que ocorreu pela base de comparação baixa do último ano. A pesquisadora salientou que, em 2016, o Brasil exportou bastante milho, com uma queda considerável em 2017. Já os destaques negativos ficam com o açúcar de cana bruto, com retração de 21,9%, e a carne de frango, com recuo de 10,7%. Em relação ao frango, Ana Cecília lembrou que "a continuidade do embargo pela Europa e a queda de vendas para Arábia Saudita, Japão e Kuwait explicam esse desempenho negativo".

Fonte:Datagro
Texto extraído do portal Universoagro
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/10/18 - Nova York em alta ajuda Ibovespa para voltar aos 85 mil pontos
  - Taxas futuras de juros se fortalecem com desaceleração da queda do dólar
  - Dólar volta a recuar ante real com exterior e vantagem de Bolsonaro
  - IGP-M desacelera alta a 0,97% na 2ª prévia de outubro, diz FGV
  - Petróleo, dólar e bens de consumo fazem arrecadação de ICMS subir mais que PIB
  - Grãos/Argentina: plantio de milho atinge um terço da área de plantio esperada
  - Tempo: Semana termina com previsão de chuvas fortes em quase toda a região Central do Brasil
  - Chuva favorece semeadura da soja em Goiás
  - Entregas de fertilizantes crescem 4,3% no acumulado do ano
  - Confira a previsão do tempo para esta sexta-feira (19) para todas as regiões do Brasil
  - Cientistas e até agro criticam saída do Acordo de Paris
18/10/18 - Governo anuncia medidas para desburocratizar comércio agrícola internacional
  - Internet das coisas avança no campo
  - Agro olhou para eleição presidencial e esqueceu representantes do setor
17/10/18 - Ruralistas já indicam nomes para Agricultura
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
PIB agropecuário deve registrar queda de 1% em 2018, diz IPEA
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/