Quarta-feira, 26 de setembro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Cana-de-açúcar Aumentar a letra    Diminuir a letra
Seca acentua queda na produção de cana no país  

13/09/2018 - A seca prolongada acentuou a quebra da produção de cana no centro-sul do país no mês de agosto e a previsão é que o cenário se agrave nos próximos meses.

De acordo com relatório divulgado nesta quarta-feira (12) pela Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), dados do CTC (Centro de Tecnologia Canavieira) mostram que o rendimento dos canaviais colhidos em agosto foi de 70 toneladas de cana por hectare (10 mil metros quadrados), ante as 77,64 toneladas do mesmo período do ano passado, o que representa uma redução de 9,85%.

No acumulado da safra, a quebra da produtividade é inferior, o que mostra que nos últimos meses a estiagem no campo foi acentuada. Desde abril, a produtividade média é de 78,44 toneladas por hectare, ante as 81,20 toneladas do acumulado da safra passada no mesmo período.

Os reflexos da seca serão ampliados nas próximas quinzenas, de acordo com Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da Unica.

Conforme ele, a quebra será intensificada à medida que a colheita avançar para áreas mais afetadas pela seca e com lavouras mais velhas —que têm produtividade menor. Em relação a julho, a produtividade em agosto, que já foi feita em áreas com canaviais envelhecidos, teve queda de quase 8 toneladas por hectare.

Na segunda quinzena de agosto, foram moídas 43,31 milhões de toneladas de cana, alta de 10,83% em comparação com o mesmo período de 2017. Desde o início da safra, em abril, o crescimento acumulado é de 2,33%, com 391,77 milhões de toneladas processadas pelas usinas do centro-sul do país.

Com a seca, muitas usinas estão mais adiantadas na colheita em relação ao ano passado. Sem chuva, é possível as colhedoras operarem e os caminhões conseguem entrar no campo para transportar a cana.

Uma em cada cinco usinas consultadas pela Unica devem adiantar o encerramento da safra em ao menos um mês. Isso fará com que a entressafra, período que normalmente vai de dezembro a março, seja maior neste ano. É neste período, também, em que tradicionalmente o preço do etanol sobe nos postos de combustíveis, devido à menor oferta em relação ao período de safra.

A longa estiagem de 2018, que em algumas cidades paulistas se aproximou de 120 dias, pode resultar em uma redução na produção de cana-de-açúcar de até 40 milhões de toneladas na atual safra.

O principal estado atingido é São Paulo, que responde por cerca de 80% da queda de produção até julho, com destaque negativo para o noroeste paulista --região de São José do Rio Preto e Araçatuba.

12/09/18
Marcelo Toledo

Fonte: Folha de S. Paulo
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
25/09/18 - Café arábica cai na ICE com câmbio no Brasil; açúcar bruto fica quase estável
  - Valor da produção agropecuária deve cair 2,5% em 2018
  - Etanol/Unica: venda total sobe 26,53% na 1ª metade de setembro; mercado interno cresce 22%
  - Vendas de etanol no mercado doméstico crescem 42%
  - Relação etanol/gasolina sobe a 60,67% na 3ª semana do mês em SP, diz Fipe
  - Confira a previsão do tempo para esta Terca-Feira (25) para todas as regiões do Brasil
  - Quase 40% das usinas de açúcar do CS devem encerrar safra em outubro, diz Unica
  - Moagem de cana recua 15% na 1ª quinzena de setembro
  - Tempo: Instabilidades seguem sobre o Sul e tempestades são previstas para SC e RS nesta 3ª
  - Umidade do solo beneficia lavoura do milho
  - Após semana chuvosa, agricultores intensificam plantio de soja em MS
  - Boletim climático Agro - Primavera
  - Contratos futuros do açúcar despencam mais de 40 pontos em Nova York
  - Açúcar: Depois de alcançar os R$ 63/sc, indicador perde força
  - Produção de açúcar cai 31% na primeira quinzena de setembro
  - Etanol: Precipitações paralisam moagem e preço volta a subir em SP
24/09/18 - Lucratividade e Produtividade resultam de mudas de cana-de-açúcar sadias e com qualidade
  - Recordes de calor no primeiro dia de primavera
20/09/18 - Penápolis deve ganhar nova usina de açúcar que gerará 190 empregos
  - Renovabio: o que é e como vai funcionar
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Seca acentua queda na produção de cana no país
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/