Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Petrobrás busca solução rápida para evitar parada de fábricas de fertilizante  

05/10/2018 - A Petrobrás tinha planejado abandonar definitivamente o negócio de fertilizantes no próximo dia 31, quando deveria paralisar as fábricas que mantém na Bahia e em Sergipe. O governo de Sergipe, no entanto, diz ter recebido a garantia da estatal de que as máquinas não serão desligadas neste mês, como previsto, e que a petroleira ainda tenta passar o ativo para outros investidores. Já o governo da Bahia espera que a estatal apresente uma solução em reunião marcada para a próxima segunda-feira.

Procurada, a petroleira informou, por nota, apenas que "o grupo de trabalho criado para encontrar alternativas à hibernação da Fábrica de Fertilizantes (Fafen) de Sergipe e Bahia, do qual participa ao lado de representantes dos governos e das federações de indústria dos dois estados, prossegue avaliando outras opções para o empreendimento".

O anúncio da paralisação foi feito em março deste ano, ainda na gestão do ex-presidente da estatal Pedro Parente. Na época, a empresa argumentou que as duas unidades geravam prejuízo e que não eram o foco da sua estratégia. Em 2017, a Fafen-BA apresentou resultado negativo de cerca de R$ 200 milhões e Fafen-SE, de cerca de R$ 600 milhões.

Primeiro, a petroleira marcou para o fim do primeiro semestre a hibernação das fábricas, com a parada da produção e adoção de medidas de conservação dos equipamentos. No entanto, passados apenas oito dias, em 28 de março, a direção divulgou novo comunicado informando que a suspensão seria adiada para 31 de outubro. Disse também que avaliava a criação de comissões para buscar alternativas à hibernação, desde que não significassem "prejuízos para a Petrobrás".

Desde março, a petroleira tem sido alvo dos apelos dos governos estaduais e de sindicalistas. Eles tentam sensibilizar a diretoria da empresa da importância de manter a produção interna de fertilizantes nitrogenados num País cuja atividade econômica tem sido sustentada pelo setor agropecuário. Apelaram também para o desemprego que a medida deve gerar. Ainda assim, por meses, "a diretoria da empresa se manteve insensível", disse o secretário de Desenvolvimento de Sergipe, José Augusto Carvalho.

Mudança. Nos últimos dias, porém, a posição da estatal mudou, segundo o secretário. O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas Silva (PSD), disse ter recebido do presidente da República, Michel Temer, a garantia de que a Fafen do seu Estado não vai parar. Há cerca de dez dias, o presidente da Petrobrás, Ivan Monteiro, recebeu representantes do governo sergipano para uma conversa na sede da empresa, no Rio. E, na última terça-feira, o diretor responsável pelas duas unidades produtivas, Jorge Celestino, esteve com secretários de Sergipe, pela manhã, e da Bahia, pela tarde, para tratar do assunto.

Presente a um dos encontros, Carvalho contou que Celestino reafirmou que as Fafens são negócios de pequena dimensão para a Petrobrás, mas que acha possível atrair interessados para os ativos. "Ele coloca a possibilidade de atrair um parceiro", afirmou o secretário sergipano, acrescentando que uma das soluções avaliadas é a abertura do capital da unidades produtivas. Já o governo da Bahia disse que o diretor da Petrobrás pouco informou sobre os planos da companhia, mas marcou novo encontro para a próxima segunda-feira, 8, com a presença de representantes da Federação das Indústrias da Bahia (Fieb).

Fernanda Nunes
Fonte: O Estado de S. Paulo
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
12/12/18 - Produção de soja deve atingir 10 milhões de toneladas no MS
  - Safra de milho do Paraná já registra 18% da área plantada no estágio de floração
  - Plantio da safra de soja é concluído no PR
  - Tempo: Sem chuvas há dias, temperaturas se aproximam dos 40°C na região Sul do Brasil
  - Soja/Rabobank: safra 2018/19 do Brasil praticamente satisfaz demanda da China
  - Produção de petróleo saudita atinge recorde antes de cortes da Opep
  - Petrobras eleva em 1,12% preço médio da gasolina nas refinarias nesta quinta
11/12/18 - Petrobras mantém preço médio da gasolina nas refinarias em R$ 1,5942 na quarta
10/12/18 - Petrobras inicia fase não vinculante para cessão de 3 campos terrestres
07/12/18 - Petrobras eleva em 1,6% o preço da gasolina nas refinarias no sábado (R$ 1,5585)
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Petrobrás busca solução rápida para evitar parada de fábricas de fertilizante
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/