Terça-feira, 20 de novembro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Aquisições de espaços em condomínios logísticos já superam as de todo o ano passado  

06/11/2018 - O mercado de condomínios logísticos no Estado de São Paulo cresceu. Segundo levantamento da Cushman & Wakefield, empresa global de serviços imobiliários comerciais, do início do ano até setembro de 2018, esses complexos tiveram aumento de 250 mil metros quadrados de área ocupada. A expansão física representa o crescimento das atividades das empresas, em termos de logística de armazenamento e transporte de mercadorias. Em comparativo, a área ocupada de 2017 foi de aproximadamente 165 mil metros quadrados.

O cenário poderia estar ainda melhor, não fossem os impactos causados pela greve dos caminhoneiros, afirma Jadson Andrade, gerente sênior de Pesquisa e Inteligência de Mercado para América do Sul da Cushman & Wakefield. "O mercado de São Paulo foi afetado no primeiro semestre, mas é mais dinâmico, então estamos vendo empresas mudando de local, fazendo transações e buscando galpões com padrão mais alto, o que tem ajudado no aumento dos números." Essa migração que as empresas fazem de um espaço menor e com menos estrutura para galpões de alto padrão é conhecida no meio como fly to quality.

O conceito por trás do condomínio logístico é simples. São empreendimentos semelhantes aos imóveis comerciais, mas que, em vez de andares, possuem módulos. As empresas podem alugar de um módulo ao galpão inteiro. Os condomínios logísticos podem ajudar as empresas a reduzirem custos operacionais, pelo ganho de eficiência no armazenamento, segurança e proximidade de vias de acesso a grandes rodovias, o que facilita o escoamento para os centros de consumo.

"Muitas empresas mudaram de galpões isolados, ou de algum empreendimento logístico mais antigo que não tinha as especificações técnicas que hoje são exigidas, e foram para empreendimentos bem melhores", afirma Mark Turnbull, diretor da vice-presidência de Gestão Patrimonial e Locação do Sindicato da Habitação (Secovi-SP).

O valor do aluguel em um condomínio logístico, porém, é mais elevado. De acordo com a consultoria CBRE, especialista no segmento imobiliário comercial e industrial, enquanto a locação de um galpão isolado no terceiro trimestre de 2018 teve preço médio entre R$ 10 a R$ 18 por metro quadrado, o preço em um condomínio logístico para o mesmo período foi de R$ 18,77/m².

Esse mercado passou a se expandir de forma acentuada a partir de 2011, com a chegada de players globais, que possuem capacidade e capital para investimento. "Eles compram uma área e investem em um projeto, às vezes já tendo uma demanda prevista ou especulativamente, quando sabem que a região é boa. Geralmente, pegam áreas que podem ter ocupação imediata", diz Turnbull.

Segundo a CBRE, o mercado logístico no Brasil tem atualmente 145 milhões de m². Ele engloba, além dos condomínios, indústrias e galpões isolados. Os condomínios logísticos representam 15% do segmento, aproximadamente 22,5 milhões de metros quadrados. Destes, 13 milhões m² - cerca de 220 condomínios - estão no Estado de São Paulo. "Estamos falando de quase 60% do mercado total do Brasil. É bastante concentrado. O segundo mercado, que é o Rio de Janeiro, tem 2,7 milhões", diz Fernando Terra, diretor industrial e de logística para a América Latina da CBRE.

Para Ricardo Antoneli, diretor de desenvolvimento da GLP, um dos players que atuam no Brasil, o setor é promissor, tendo conseguido sobreviver mesmo durante períodos de forte queda do consumo. "A resiliência do setor logístico foi possível graças à busca das empresas por mais eficiência. Elas procuram instalações logísticas de alto padrão até para reduzir os custos das operações." O diretor também ressalta que alguns setores, como o de e-commerce e o farmacêutico, viram seus consumos aumentarem mesmo durante a crise e, por isso, também investiram nos condomínios logísticos.

Os empreendimentos logísticos no Estado de São Paulo são divididos em três regiões, de acordo com a proximidade da capital. O primeiro mercado está localizado dentro de um raio de 30 km de São Paulo; o segundo, entre 30 km e 60 km, e o terceiro se encontra até 120 km da capital paulista. "Esses mercados têm fundamentos diferentes, por isso é importante entender o conceito. O mercado mais perto de São Paulo é mais caro e com a menor vacância (espaço não ocupado) dos três", afirma Terra.

Vinícius Mansur Passarelli
Fonte: O Estado de S. Paulo
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
14/11/18 - Exportação de produtos agrícolas bate recorde no Porto de Paranaguá
  - Cosan quer simplificar estrutura para ser controladora direta da Rumo
13/11/18 - Bolsonaro diz que melhor é que não haja tabelamento de frete e que assunto está sendo estudado
  - Porto de Paranaguá já supera exportação anual de soja, farelo, trigo e óleo vegetal
  - Movimentação de grãos em Paranaguá até outubro supera volume de 2017
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Aquisições de espaços em condomínios logísticos já superam as de todo o ano passado
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/