Segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Empresas brasileiras investiram US$ 85,8 bi para reduzir emissões, diz estudo  

10/01/2019 - De 2015 a 2017, empresas brasileiras globais investiram mais de US$ 85 bilhões em 1.340 projetos voltados para a redução de emissões de GEE. A maior parte deles envolveu tecnologias de eficiência energética, otimização de processos e uso de fontes de energia de baixo carbono. Juntos, esses projetos contribuíram para uma redução de 217,9 milhões de tCO2e, o que equivale à 27% do total de emissões a serem reduzidas conforme a Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC) brasileira para 2025 (787 milhões de tCO2e). As informações foram apresentadas em dezembro pela diretora de Relações Institucionais do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), Ana Carolina Szklo, durante a COP24, na Polônia.

O estudo "Como as empresas vêm contribuindo para o Acordo de Paris" também mostrou que, quando analisadas exclusivamente as empresas brasileiras ou as que dispõem de dados exclusivos sobre as emissões no país, houve uma queda em 2016 de 33% em relação ao ano anterior. Em 2017, a redução nas emissões foi de 1% em relação a 2016. A crise econômica foi o principal fator que resultou nesse desempenho, mas a despeito dos desinvestimentos da indústria no período, o estudo mostra o engajamento do setor privado no desenvolvimento e na adoção de tecnologias e processos de baixo carbono.

"Os resultados são positivos porque mostram o potencial da inovação tecnológica, além do comprometimento e do protagonismo de parcela significativa das empresas brasileiras no cumprimento da meta brasileira no Acordo de Paris. Mas, se não houver continuidade desses investimentos, parte desse ganho pode ser perdido em um cenário de retomada do crescimento econômico", observa Marina Grossi, presidente do CEBDS.


Mais ambição

Durante a apresentação, Ana Carolina ressaltou também a necessidade das empresas ampliarem metas em volume de emissões e prazo. Do total das empresas brasileiras analisadas pelo estudo, quase 90% possui metas de curto prazo, ou seja, até 2025. Poucas, no entanto, já estabeleceram metas de médio e longo prazo, que se estendam até 2030 e 2050, respectivamente.

O estudo "Estratégias de Desenvolvimento de Baixo Carbono para o Longo Prazo", realizado no ano passado pelo CEBDS em parceria com o iCS, aponta ações concretas que podem ser implantadas no Brasil até 2050, que vão desde tecnologias disruptivas, que transformarão setores inteiros da economia, até instrumentos financeiros que influenciem na decisão entre não emitir ou pagar para emitir aos próprios emissores.

O novo estudo do CEBDS apresentado na COP24 revelou que 57% das empresas analisadas já utilizam um preço interno de carbono entre US$ 1,79 e US$ 175/tCO2e, sendo a média dos valores de US$ 31,46. Além disso, o restante das empresas, em sua maioria, pretende utilizar o preço interno no curtíssimo prazo, dentro de dois anos.

"O estudo evidenciou que os preços internos de carbono das empresas brasileiras possuem um custo consideravelmente menor do que em outros países, que podem chegar a US$ 909/tCO2e. É possível reduzir emissões de GEE a custos menores no Brasil do que em outros países. Isso mostra o nosso potencial de nos tornarmos líderes globais no mercado de carbono", afirma Ana Carolina Szklo, diretora de Relações Institucionais do CEBDS.

Fonte: CEBDS
Texto extraído do portal Ubrabio
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
18/01/19 - Açúcar desvaloriza em Londres e Nova York; mercado interno também cai
17/01/19 - Mundo tem óleo de palma sustentável de sobra, mas ninguém compra
  - Produção de etanol dos EUA cresce 5,1% na semana, a 1,051 milhão de barris/dia
  - Logum quer expandir duto de etanol para Centro-Oeste de olho em álcool de milho
16/01/19 - Aquecimento dos oceanos bateu recorde em 2018, dizem cientistas
  - Logum quer expandir duto de etanol para Centro-Oeste de olho em álcool de milho
  - ´O consenso internacional quer? Vai ficar querendo´, diz ministro do Ambiente
  - Arnaldo Jardim propõe taxação de carbono no país
  - Gelo da Antártica está derretendo seis vezes mais rápido do que há 40 anos, diz estudo
  - Etanol/EUA: produção aumenta 5,1% na semana, a 1,051 milhão de barris/dia
15/01/19 - Exportações de óleo de palma pela Malásia avançam entre 1º e 15 de janeiro
14/01/19 - Ministro do Meio Ambiente defende permanência do Brasil no Acordo de Paris
  - UE pretende aceitar acordo para isentar biodiesel da Argentina de tarifas
10/01/19 - Embrapa disponibiliza documento sobre a melhoria da qualidade do óleo de macaúba
07/01/19 - Gasolina fica em alta e preços do álcool e diesel caem em 2018 em Uberlândia
04/01/19 - Soro de leite vira biocombustível na Argentina
02/01/19 - Biocombustível demanda R$ 90 bilhões até 2030
20/12/18 - ANP realiza audiência pública sobre combustíveis de aviação
17/12/18 - Na COP24, setor de biocombustíveis propõe maior mistura de etanol
11/12/18 - Relatório aponta que futuro depende de biocombustíveis
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Empresas brasileiras investiram US$ 85,8 bi para reduzir emissões, diz estudo
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/