Domingo, 19 de maio de 2019
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Fórum de Articulistas Aumentar a letra    Diminuir a letra
A eletrificação com biocombustíveis e o RenovaBio  

16/02/2018 - Desde o final do século XIX, foi adotado o motor de combustão interna como solução ambiental e energética para a mobilidade. Quando se popularizou na virada do século, foi saudado como uma grande solução ambiental. Passados mais de 120 anos, estamos diante da realidade de que a eficiência termodinâmica do motor de combustão interna é muito baixa - entre 26% e 28% no caso dos motores do ciclo Otto, e entre 28% e 32% no caso dos motores do ciclo diesel. O restante da energia é dissipado na forma de calor, daí a necessidade de radiador, da água para refrigeração, e uso de materiais mais resistentes e pesados como o ferro fundido usado nos motores. O tamanho das frotas e a emissão de poluentes passaram a ser objeto de preocupação e controle, incluindo os que são objeto de controle nas zonas urbanas, como o monóxido de carbono, os compostos orgânicos voláteis, os óxidos de nitrogênio, os aldeídos, o chumbo tetraetila, e outros, ou aqueles classificados como gases causadores do efeito estufa (GEEs).

Além disso, de nada adianta a eletrificação se a energia vier de uma fonte fóssil que emite carbono na atmosfera. É preciso levar em conta de onde virá a energia marginal a ser produzida. No Brasil, o consumo de etanol e gasolina equivalem em termos energéticos a todo o consumo de eletricidade, para uso residencial, comercial e industrial, ou cerca de 460 mil GWh. O carro pode ter zero emissão na cidade, mas quando considerado o ciclo de vida completo do produto, se a fonte da energia tiver origem fóssil não resolve o problema do aquecimento global. Há ainda o problema da infraestrutura de distribuição. É necessário criar uma infraestrutura com soluções que levem em conta a cobrança da energia por quem a utiliza efetivamente. Num país onde um percentual elevado da eletricidade consumida é clandestina, este é um fator a ser levado em conta.

*Artigo originalmente publicado pela consultoria Datagro.

Plinio Nastari
Presidente da Datagro
Os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores, não representando,
necessariamente, a opinião e os valores defendidos pela UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
17/05/19 - Agência ambiental dos EUA flexibilizou lei a refinarias antes de decisão judicial
  - PIB do agro recua 0,3% no primeiro trimestre
  - Brasil e China se aproximam para ampliar exportações do agro
  - Índices europeus recuam com temores sobre negociações comerciais entre EUA e China
  - Na demanda, outro mau sinal para a indústria
  - Brasil negocia milhões de toneladas de soja em poucos dias com demanda chinesa e dólar
  - EUA adiam decisão sobre tarifas a carros importados
16/05/19 - Trump pode tomar decisão sobre tarifas para automóveis até dia 18, diz Ross
  - Guerra comercial afetou fortemente indústria de etanol dos EUA, diz Conselho de Grãos
  - Açúcar: Alta do dólar motiva queda no valor dos contratos futuros
15/05/19 - Para distribuidoras, venda de etanol defendida por Bolsonaro leva à sonegação
  - A ideia adormecida virou uma guerra
14/05/19 - Caoa só vai investir na fábrica da Ford em SP se incertezas sobre economia diminuírem
07/05/19 - Montadoras do Brasil veem ameaça de importações de veículos do México
06/05/19 - Exportação de biodiesel da Indonésia deve crescer em "cenário otimista", diz associação
  - Montadoras pedem apoio do governo para exportação
  - BNDES amadurece estratégia de apoio a gás e biocombustíveis, diz Levy
03/05/19 - Em dez anos, produção de biodiesel de Mato Grosso do Sul cresce 3.292%, aponta ANP
24/04/19 - Biodiesel: Ministério da Agricultura incluirá mais agricultores ao selo combustíveis social
16/04/19 - ERRATA Secretaria do MME não estuda o fim do Selo Social ou acabar com leilões de biodiesel
  - 66º Leilão de Biodiesel da ANP negocia 928,512 milhões de litros
10/04/19 - Ministério de Minas e Energia divulga Boletim Mensal de Energia referente ao mês de janeiro
02/04/19 - Aneel propõe reajuste médio de 6,32% na revisão tarifária da Enel São Paulo
28/03/19 - "Brasil é apenas um espectador no avanço dos biocombustíveis para aviões"
26/03/19 - Ministro de Minas e Energia defende melhoria da governança no setor
25/03/19 - Com menor geração de energia, consumo de gás natural cai 7,87% em janeiro
15/03/19 - Comissão Europeia adota critérios mais rígidos para biocombustíveis
  - Comissão Europeia adota critérios mais rígidos para biocombustíveis
07/03/19 - Governo define agenda de leilões de energia para o período de 2019 a 2021
27/02/19 - União Europeia revê status de biocombustíveis
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
A eletrificação com biocombustíveis e o RenovaBio
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Fórum de Implementação Tecnológica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/