Segunda-feira, 18 de maro de 2019
:
EDITORIAS
Agncia UDOP | Acar | Biodiesel | Cana-de-Acar | Combustveis Fsseis | Diversas | Economia
Energia | Espao Datagro | Etanol | Frum de Articulistas | Opinio | TV UDOP | ltimas Notcias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Governo quer atrair investidor estrangeiro ao RenovaBio  

02/04/2018 - O Cbio foi concebido como um instrumento financeiro para remunerar produtores com base na eficincia ambiental dos biocombustveis (Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo)
O Ministrio de Minas e Energia quer atrair investidores estrangeiros para os certificados de biocombustveis (Cbio) previstos no RenovaBio. Foi o que disse, nesta segunda-feira (2/4), o analista de infraestrutura do Ministrio de Minas e Energia (MME), Paulo Roberto Costa.

"O setor financeiro est muito interessado nisso. Queremos atrair investidores nacionais e internacionais", afirmou, em reunio do Conselho Superior de Agronegcios da Federao das Indstrias de So Paulo (Cosag/Fiesp)

O Cbio foi concebido como um instrumento financeiro para remunerar produtores com base na eficincia ambiental dos biocombustveis. Segundo Costa, as discusses com o setor financeiro envolvem bancos, a bolsa de So Paulo (B3), empresas gestoras de investimentos, fundos de penso e entidades ligadas ao mercado de capitais.

A expectativa do Ministrio de Minas e Energia lanar uma regulamentao para 2019, para que, j no prximo ano, distribuidores de combustveis possam adquirir esses certificados. Costa disse que ainda faltam definir detalhes como vencimentos dos Cbios e prazos de comercializao que tornem o investimento atrativo.

Para o analista do MME, o RenovaBio uma oportunidade para o Brasil ser protagonista no mercado de carbono. Segundo Costa, esse mercado perdeu liquidez nos ltimos anos por conta da crise, mas est voltando a ter fora. Ele acredita que a queda na taxa de juros no Brasil pode ser um atrativo a mais para esse tipo de investimento.

"Queremos diminuir o risco e propor s pessoas que acessem esse mercado. O RenovaBio um mercado muito interessante de renda varivel, que tanto pessoas fsicas quanto fundos podem se interessar em tomar posies", afirmou.

Diretor de Agronegcios do ItaBBA, Pedro Barros Barreto Fernandes acredita que o Cbio pode se consolidar como investimento. Depende da forma como ele for regulamentado pela Comisso de Valores Mobilirios (CVM) e de como ser definida a estrutura tributria do ativo.

"O setor financeiro est disposto a formar mercado para um ativo como esse. O RenovaBio d um norte de estabilidade muito importante e o governo est dando um norte regulatrio", afirma o executivo do Ita.

Fernandes avalia que a negociao dos Cbios em bolsa, no mercado futuro, a melhor alternativa para dar liquidez. Segundo ele, traz mais transparncia ao mercado e coloca o ativo disposio de um maior nmero de agentes, tendo como consequncia mais visibilidade.

O diretor de Agronegcios do ItaBBA disse concordar com o argumento de que o atual patamar da taxa de juros no Brasil pode deixar o Cbio mais atrativo. Mas acredita que essa atratividade no se resume a isso.

"O produto tem que fazer sentido para ter liquidez. O RenovaBio faz sentido em qualquer cenrio. Os juros baixos podem ser condio inicial de interesse, mas a prpria natureza do programa torna o ativo atrativo independente disso", diz ele.


RenovaCalc

A reunio do Cosag serviu para a apresentao da chamada RenovaCalc, a calculadora para dar a nota de eficincia ambiental da produo de biocombustveis. A metodologia por trs da ferramenta a chamada Avaliao do Ciclo de Vida (ACV), que analisa todas as fases da produo. a partir dessa nota que sero gerados os Cbios.

"Nossa ideia era trazer uma metodologia de fcil compreenso, mas robusta o suficiente, com respaldo cientfico e que pudesse demonstrar a eficincia dos biocombustveis", disse Marcelo Morandi, chefe-geral da Embrapa Meio Ambiente, que fez a apresentao.

A RenovaCalc j vem sendo apresentada a representantes do setor. Na semana passada, o grupo de pesquisa enviou Agncia Nacional do Petrleo (ANP), a nota tcnica com a metodologia de ACV e as planilhas eletrnicas com a estrutura da calculadora.

O material deve ser analisado e colocado em consulta pblica pela ANP. A proposta dos pesquisadores que desenvolveram a calculadora de que o sistema seja gerenciado pela prpria Agncia e possibilite atualizaes de metodologia para a incluso de novas bases de clculo.

Raphael Salomo
Fonte: Globo Rural
Notcias de outros veculos so oferecidas como mera prestao de servio
e no refletem necessariamente a viso da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notcias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notcias Relacionadas
18/03/19 - USDA traz embarques de soja e milho dos EUA dentro do esperado
  - Ibovespa inicia semana em alta com exterior positivo e Previdncia no radar
  - Projeo de supervit comercial em 2019 cai para US$ 50,00 bi, mostra Focus
  - Projeo para alta do PIB de 2019 sai de 2,28% para 2,01% no Focus do BC
  - Previso de cmbio permanece em R$ 3,70 para fim de 2019, revela Focus do BC
  - Chicago opera com milho levemente desvalorizado nesta segunda-feira
  - Milho abre a semana estvel na Bolsa de Chicago
  - ndices da China fecham perto da mxima em 6 meses e meio
  - Soja recua em Chicago nesta 2 feira e devolve parte dos ltimos ganhos fortes
15/03/19 - O que esperar do encontro Trump/ Bolsonaro
  - ANP destaca relevncia do RenovaBio para o setor de biocombustveis
08/03/19 - ANP realiza consulta sobre metas de descarbonizao do RenovaBio
01/03/19 - JBS Biodiesel contrata certificadora para participar do RenovaBio
  - ANP aprova realizao de consulta sobre metas individuais do RenovaBio
28/02/19 - Presidente executivo da UDOP palestra sobre Renovabio para alunos da Fatec
Para enviar a notcia, basta preencher o formulrio abaixo.
Todos os campos so de preenchimento obrigatrio!
 
Governo quer atrair investidor estrangeiro ao RenovaBio
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatrio:
E-mail destinatrio:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentrio:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa Histria
• Misso, Viso e Objetivos
• Trofu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comits de Gesto
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comits de Gesto
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Frum de Implementao Tecnolgica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminrio UDOP de Inovao
Imprensa

• Agncia UDOP de Notcias
• ltimas Notcias
• Frum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mdias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produo Brasileira
Servios

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendrio de Eventos
• Guia de Empresas
• ndice Pluviomtrico
• Pesquisas UDOP
• Previso do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrogrficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/