Segunda-feira, 18 de maro de 2019
:
EDITORIAS
Agncia UDOP | Acar | Biodiesel | Cana-de-Acar | Combustveis Fsseis | Diversas | Economia
Energia | Espao Datagro | Etanol | Frum de Articulistas | Opinio | TV UDOP | ltimas Notcias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Exportaes do agronegcio sobem 4,1% em maro; saldo comercial de R$ 7,79 bi  

10/04/2018 - As exportaes do agronegcio brasileiro somaram US$ 9,08 bilhes em maro, um crescimento de 4,1% em relao ao mesmo ms do ano anterior (quando as vendas chegaram a US$ 8,73 bilhes). Os dados foram divulgados pelo Ministrio da Agricultura nesta segunda-feira (9). J a importaes, por outro lado, registraram valor de US$ 1,29 bilho, o que representa queda de 6,9% na comparao com maro de 2017. Por causa disso, o saldo da balana comercial do ltimo ms (exportaes menos importaes) foi de US$ 7,79 bilhes. Os produtos do agronegcio representaram 45,2% do total das vendas externas brasileiras no perodo, com aumento de quase dois pontos percentuais de participao comparado a maro do ano passado.

No perodo de avaliao, as exportaes foram puxadas principalmente por produtos de origem vegetal, como o caso da celulose, com 75,4% de incremento (vendas de US$ 765 milhes), e as carnes, que somaram US$ 592 milhes em vendas, um aumento de 22,1% na comparao com maro do ano passado. Tambm contriburam para esse crescimento as vendas de produtos como sucos (US$ 107,51 milhes); cereais, farinhas e preparaes (US$ 93,55 milhes); fumo e seus produtos (US$ 78,84 milhes) e fibras e produtos txteis (US$ 27,97 milhes).

Em termos de valor exportado, o complexo soja (soja em gro, farelo de soja e leo em soja) representou 44,3% do total de vendas (US$ 4,03 bilhes), enquanto carnes (in natura e industrializada) e produtos florestais (papel, celulose e mandeira) responderam, respectivamente, por 14,8% (US$ 1,34 bilho) e 13,9% (US$ 1,2 bilho). O complexo sucroalcooleiro (acar e lcool) somou 7% do total em vendas (US$ 636 milhes), seguido do caf, com 4,5% (US$ 349 milhes) do montante. Os cinco setores representam 84,4% das exportaes totais do agronegcio. O restante inclui itens como fumo, couro, frutas, cereais e farinhas, pescado e lcteos.


Importaes

As importaes de produtos do agronegcio sofreram queda de US$ 96,09 milhes em maro deste ano na comparao com maro de 2017. Os principais produtos adquiridos pelo Brasil foram: pescados (US$ 142,72 milhes); lcool etlico (US$ 135,19 milhes); trigo (US$ 87,73 milhes); papel (US$ 78,73 milhes) e vesturio e produtos txteis de algodo (US$ 58,35 milhes). Alm dos pescados e do trigo, outros produtos que tiveram as maiores redues em importaes foram arroz (-US$ 30,93 milhes); lcteos (-US$ 22,53 milhes) e malte (-US$ 15,24 milhes).


Destinos

A sia se manteve como principal regio de destino das exportaes do agronegcio, somando US$ 4,65 bilhes. A Unio Europeia ocupou a segunda posio no ranking de blocos econmicos e regies geogrficas de destino das vendas externas do agronegcio brasileiro no ms. Houve crescimento de 22,9% nas vendas ao mercado, decorrentes, principalmente, do aumento das exportaes de celulose (162,6%); soja em gros (59,7%); sucos de laranja (38,8%); fumo no manufaturado (120,2%) e farelo de soja (12,9%).


Trimestre

No acumulado do primeiro trimestre de 2018, as exportaes brasileiras do agronegcio atingiram US$ 21,47 bilhes, cifra que supera em 4,6% o resultado de igual perodo do ano passado, significando recorde para resultados de janeiro a maro. A quantidade embarcada, em termos de volume, subiu 6,7%, mas o ndice geral de preo do setor sofreu queda de 1,9%, com destaque para carne de frango (-8,2%), carne suna (-16,9%), carne de peru (-22,2%) e complexo sucroalcooleiro (-25,7%).

As importaes recuaram 3,9% no trimestre, caindo de US$ 3,76 bilhes para US$ 3,61 bilhes, desempenho explicado, sobretudo, pela queda de 3,8% no ndice de quantidade, enquanto o ndice de preo teve ligeiro decrscimo de 0,1%, de acordo com o Departamento de Acesso a Mercados do ministrio. Com isso, no trimestre, o superavit comercial do agronegcio subiu de US$ 16,76 bilhes para US$ 17,86 bilhes, constituindo cifra recorde para perodos de janeiro-maro.


Em 12 meses

As exportaes do agronegcio atingiram US$ 96,96 bilhes nos ltimos 12 meses, apurados entre abril de 2017 e maro deste ano. O nmero representa crescimento de 13,5% em relao aos US$ 85,42 bilhes exportados entre abril de 2016 e maro de 2017. As importaes do agronegcio diminuram de US$ 14,35 bilhes entre abril de 2016 e maro de 2017 para US$ 14,01 bilhes entre abril de 2017 e maro de 2018, queda de 2,4%. Com isso, o saldo comercial do agronegcio dos ltimos 12 meses foi de US$ 82,96 bilhes, superior aos US$ 71,07 bilhes no perodo anterior (2016/2017).

Os cinco principais setores exportadores do agronegcio apurados em 12 meses foram: complexo soja (participao de 32,7%); carnes (participao de 15,9%); produtos florestais (participao de 12,8%); complexo sucroalcooleiro (participao de 11,8%); e cereais, farinhas e preparaes (participao de 5,8%).

09/04/18
Com edio de Denise Griesinger

Fonte: Agncia Brasil
Notcias de outros veculos so oferecidas como mera prestao de servio
e no refletem necessariamente a viso da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notcias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notcias Relacionadas
18/03/19 - USDA traz embarques de soja e milho dos EUA dentro do esperado
  - ndices da China fecham perto da mxima em 6 meses e meio
  - Sustentabilidade garante rentabilidade ao agronegcio
  - Ibovespa inicia semana em alta com exterior positivo e Previdncia no radar
  - Soja recua em Chicago nesta 2 feira e devolve parte dos ltimos ganhos fortes
  - O agronegcio pode crescer sem derrubar uma nica rvore, defende Tereza Cristina
  - Milho abre a semana estvel na Bolsa de Chicago
  - Chicago opera com milho levemente desvalorizado nesta segunda-feira
  - Previso de cmbio permanece em R$ 3,70 para fim de 2019, revela Focus do BC
  - Projeo para alta do PIB de 2019 sai de 2,28% para 2,01% no Focus do BC
  - Projeo de supervit comercial em 2019 cai para US$ 50,00 bi, mostra Focus
15/03/19 - O que esperar do encontro Trump/ Bolsonaro
14/03/19 - Demanda por altos executivos cresce 40% no agronegcio
  - Crdito Agrcola: FCO Rural j liberou R$ 481,49 milhes para projetos em MS
12/03/19 - Freio na economia mundial pode segurar ritmo do agronegcio do Brasil
01/11/18 - Bancos garantem financiamento para bons projetos no setor sucroenergtico
29/10/18 - Aps as eleies, setor sucroenergtico espera manuteno do programa RenovaBio
31/08/18 - Setor sucroalcooleiro vai impulsionar crescimento de MT
10/08/18 - Usina Coruripe premiada por aes de responsabilidade social e clima organizacional
  - O ltimo vdeo da campanha Setor sucroenergtico, bom para o planeta, bom para o Brasil, bom para
  voc j est disponvel
Para enviar a notcia, basta preencher o formulrio abaixo.
Todos os campos so de preenchimento obrigatrio!
 
Exportaes do agronegcio sobem 4,1% em maro; saldo comercial de R$ 7,79 bi
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatrio:
E-mail destinatrio:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentrio:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa Histria
• Misso, Viso e Objetivos
• Trofu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comits de Gesto
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comits de Gesto
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Frum de Implementao Tecnolgica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminrio UDOP de Inovao
Imprensa

• Agncia UDOP de Notcias
• ltimas Notcias
• Frum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mdias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produo Brasileira
Servios

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendrio de Eventos
• Guia de Empresas
• ndice Pluviomtrico
• Pesquisas UDOP
• Previso do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrogrficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/