Sexta-feira, 22 de maro de 2019
:
banner
EDITORIAS
Agncia UDOP | Acar | Biodiesel | Cana-de-Acar | Combustveis Fsseis | Diversas | Economia
Energia | Espao Datagro | Etanol | Frum de Articulistas | Opinio | TV UDOP | ltimas Notcias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Chuvas na 2 quinzena de abril aliviam preocupaes sobre safra de milho do Brasil  

16/04/2018 - Chuvas previstas ao longo da segunda quinzena deste ms em partes do Brasil devem aliviar os temores quanto ao desenvolvimento da segunda safra de milho 2017/18, mas as condies climticas seguiro como um alerta para os produtores pelo menos at julho, quando a colheita engrena, de acordo com especialistas.

A segunda safra responde pela maior parte da produo brasileira do cereal. Para o ciclo vigente, o 2017/18, a expectativa de que 71 por cento da colheita total, prevista em 88,6 milhes de toneladas pelo governo, seja proveniente do tambm chamado milho safrinha.

Na ltima semana surgiram preocupaes quanto falta de chuvas nas lavouras do centro-sul do pas. Como a segunda safra foi plantada fora da janela ideal devido ao atraso na colheita de soja, qualquer problema climtico a partir de agora pode comprometer sensivelmente o potencial produtivo da cultura.

Mas conforme o Agriculture Weather Dashboard, do terminal Eikon da Thomson Reuters, deve chover acima da mdia em importantes regies produtoras de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Gois, com acumulados entre 60 e 80 milmetros na mdia, com algumas reas superando os 100 milmetros na segunda quinzena do ms.

No oeste e noroeste do Paran, a previso tambm aponta para precipitaes ligeiramente acima do normal, chegando a 94 milmetros em certas localidades.

Em outras reas do Paran, segundo maior produtor depois de Mato Grosso, as chuvas devero ser mais escassas, mas no a ponto de preocupar por ora.

"Choveu bem no fim de maro e incio de abril no Paran e em So Paulo, ento ainda tem reserva (umidade no solo)... At agora as condies nas lavouras so normais. Em Mato Grosso e Gois esto praticamente perfeitas", disse o analista de mercado Paulo Molinari, da Safras & Mercado.

Ele ponderou, entretanto, que ainda h riscos ao milho safrinha, principalmente no Paran, devido possibilidade de geadas no outono.

"A princpio no tem previso de geada, mas esse risco existe, pois fim de La Nia. Sempre h a possibilidade de vir uma geada por causa disso", afirmou.

O La Nia um fenmeno climtico caracterizado pelo resfriamento atpico das guas superficiais do oceano Pacfico, resultando em temperaturas mais baixas no Sul do Brasil. Espera-se que tal padro desaparea at maio.

No incio de abril, o Departamento de Economia Rural (Deral) j havia alertado que, neste ano, as lavouras de milho segunda safra no Paran esto mais suscetveis a eventuais geadas precoces. Avaliao semelhante foi compartilhada pela INTL FCStone.

"A segunda safra de milho continua se desenvolvendo sem maiores percalos no centro-sul do Brasil. Grande parte das lavouras, porm, ainda no entrou em fase reprodutiva, quando chuvas e temperaturas na medida certa so essenciais para a obteno de boas produtividades", disse recentemente a AgRural.

"Por isso, importante que continue chovendo ao longo de abril e maio e que as temperaturas no caiam muito no Paran e no sul de Mato Grosso do Sul", resumiu a consultoria.

Jos Roberto Gomes
Fonte: Reuters
Notcias de outros veculos so oferecidas como mera prestao de servio
e no refletem necessariamente a viso da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notcias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notcias Relacionadas
21/03/19 - Bovespa fecha abaixo dos 97 mil pontos de olho na cena poltica e Previdncia
  - Governo ir reduzir estimativa do PIB a cerca de 2,25% para 2019, diz fonte
  - Ibovespa recua com incertezas sobre Previdncia e exterior misto
  - Bolsonaro participa no Chile de Cpula Presidencial Sul-Americana
  - Bolsas asiticas fecham majoritariamente em alta com Fed "paciente"
  - Colheita de milho alcana 8,5% da superfcie apta na Argentina
  - Colheita de soja tem incio com bons rendimentos na Argentina
  - Argentina: Crdoba tem safra de milho com rendimentos surpreendentes
  - Ministra Tereza Cristina defende setor da bioenergia nos EUA e arranca um "I like you" de Trump
  - El Nio fraco ter pouco impacto sobre as culturas de inverno no RS
  - Mudana climtica exigir escolhas mais difceis, diz JPMorgan
  - Milho/MS: chuvas favorecem germinao e crescimento das plantas, diz Semagro
  - Milho/USDA: EUA vendem 855,9 mil toneladas da safra 2018/19 na semana
  - Chicago abre a quinta-feira com milho apresentando leves altas
20/03/19 - El Nio deve ter intensidade fraca no outono, diz Inmet
13/03/19 - Produtor no Sul do pas est preocupado
Para enviar a notcia, basta preencher o formulrio abaixo.
Todos os campos so de preenchimento obrigatrio!
 
Chuvas na 2 quinzena de abril aliviam preocupaes sobre safra de milho do Brasil
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatrio:
E-mail destinatrio:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentrio:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa Histria
• Misso, Viso e Objetivos
• Trofu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comits de Gesto
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comits de Gesto
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Frum de Implementao Tecnolgica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminrio UDOP de Inovao
Imprensa

• Agncia UDOP de Notcias
• ltimas Notcias
• Frum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mdias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produo Brasileira
Servios

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendrio de Eventos
• Guia de Empresas
• ndice Pluviomtrico
• Pesquisas UDOP
• Previso do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrogrficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/