Segunda-feira, 25 de maro de 2019
:
banner
EDITORIAS
Agncia UDOP | Acar | Biodiesel | Cana-de-Acar | Combustveis Fsseis | Diversas | Economia
Energia | Espao Datagro | Etanol | Frum de Articulistas | Opinio | TV UDOP | ltimas Notcias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Agronegcio ratifica posio contrria tabela do frete mnimo  

14/06/2018 - Coordenada pela presidente da Frente Parlamentar da Agropecuria (FPA), deputada Tereza Cristina (DEM-MS), a audincia pblica realizada na tarde desta tera-feira (12), na Cmara dos Deputados, tratou do tabelamento do frete rodovirio de cargas feito pelo governo federal. Entidades do setor produtivo nacional estiveram presentes na reunio e reiteraram a posio contrria poltica do frete mnimo e concordaram com uma tabela de referncia.

Do outro lado, caminhoneiros e representantes de empresas transportadoras afirmaram que a categoria busca apenas a fixao de preos mnimos para conseguir cobrir os custos de transporte. Segundo o presidente da Associao das Empresas Cerealistas do Brasil (Acebra), Arney Antonio Frasson, as empresas no esto contratando caminhoneiros autnomos devido ao custo alto com o tabelamento em vigor.

"Os prejuzos, com o tabelamento, esto em torno de R$ 1,8 milho para mdias empresas cerealistas", destacou Frasson. De acordo com dados da Associao Brasileira de Protena Animal (ABPA), a tabela inviabiliza o transporte de gros (especialmente milho) de Mato Grosso para as granjas de Santa Catarina e Rio Grande do Sul com aumento no preo da saca. A associao defende que no h necessidade de uma Tabela de Preos Mnimos, pois os fretes so negociados de maneira aberta entre as empresas e os transportadores, com planilha de custos.

Representante da Associao Brasileira das Indstrias de leos Vegetais (Abiove), Daniel Furlan Amaral, disse que a entidade, com apoio de filiadas do segmento, no aceitar o tabelamento, e que j acionou a Justia Federal para suspender a poltica, considerada pela entidade inconstitucional. "O frete mnimo prejudicial economia e sociedade. Estimula ineficincia econmica e interfere na livre formao de preos de diversos setores, como Indstria, Agropecuria e Minerao. H um impacto estimado de US$ 700 milhes ao longo de 2018 ao setor de leos vegetais."

Algumas sugestes foram apresentadas pelas entidades durante a audincia. Dentre elas, esto o cumprimento dos contratos firmados antes da greve sem o tabelamento do frete, a criao de uma tabela de custo referencial feita por entes privados e transportadores, a permisso para que embarcadores possam contratar diretamente transportadores autnomos, alm de uma reformulao tributria (PIS, COFINS, ICMS).

A possibilidade de negociaes de fretes entre pessoas jurdicas, por exemplo, de frigorficos com transportadoras, sem a necessidade do tabelamento tambm foi uma das propostas apresentadas pelo setor produtivo. "So muitas variveis. Manteremos o dilogo para que uma tabela justa e de referncia seja apresentada em comum acordo. Dependemos uns dos outros e precisamos garantir o livre mercado nas negociaes. Um tabelamento engessa este processo e pe em risco toda a cadeia produtiva", defendeu Tereza Cristina.

Fonte: Datagro
Texto extrado do portal Universoagro
Notcias de outros veculos so oferecidas como mera prestao de servio
e no refletem necessariamente a viso da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notcias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notcias Relacionadas
25/03/19 - Ibovespa fecha em queda com incertezas sobre cena poltica e Previdncia no radar
  - Retomada dos empregos ser consistente em 2019, diz Marinho
  - Ibovespa opera sem tendncia clara por incertezas sobre Previdncia e exterior misto
  - Brasil registra dficit de US$1,134 bi nas transaes correntes em fevereiro
  - Milho: Indicador cai mais de 9% em maro
21/03/19 - PIB do agronegcio encerra 2018 com estabilidade
20/03/19 - PIB do Agronegcio tem variao negativa de 0,01% em 2018 ante 2017, diz Cepea
  - No agronegcio, o Brasil d muito aos EUA e recebe pouco
  - Exportao do agronegcio do RS cai 48% em volume e 28% em receita
19/03/19 - Faturamento com exportaes do agro recua 28% no RS
Para enviar a notcia, basta preencher o formulrio abaixo.
Todos os campos so de preenchimento obrigatrio!
 
Agronegcio ratifica posio contrria tabela do frete mnimo
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatrio:
E-mail destinatrio:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentrio:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa Histria
• Misso, Viso e Objetivos
• Trofu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comits de Gesto
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comits de Gesto
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Frum de Implementao Tecnolgica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminrio UDOP de Inovao
Imprensa

• Agncia UDOP de Notcias
• ltimas Notcias
• Frum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mdias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produo Brasileira
Servios

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendrio de Eventos
• Guia de Empresas
• ndice Pluviomtrico
• Pesquisas UDOP
• Previso do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrogrficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/