Quarta-feira, 20 de maro de 2019
:
EDITORIAS
Agncia UDOP | Acar | Biodiesel | Cana-de-Acar | Combustveis Fsseis | Diversas | Economia
Energia | Espao Datagro | Etanol | Frum de Articulistas | Opinio | TV UDOP | ltimas Notcias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Superdvidas na economia de Bolsonaro  

01/11/2018 - O presidente foi eleito faz quatro dias. Difcil, claro, que se esclarecessem dvidas sobre o que Jair Bolsonaro far na economia, muitas, dado o mistrio que foi sua campanha. Mas no convinha criar mais confuso. Por exemplo.


Dvida 1.

Dias antes de ser eleito, Bolsonaro falou de metas para o dlar. Nesta semana, Onyx Lorenzoni, ministro indicado para Casa Civil, disse algo (vago assim mesmo) sobre taxa de cmbio. Nesta semana, a equipe do programa econmico falou de vender reservas internacionais para abater dvida pblica.

O superministro indicado para a Economia, Paulo Guedes, disse que poderia vender em tese at US$ 100 bilhes dos US$ 381 bilhes das reservas a fim de controlar uma desvalorizao crtica do real (dlar indo a R$ 5).

H fumaa nessa histria de cmbio. Obviamente tratou-se do assunto no comando bolsonarista, mas, alm de Guedes, ningum entende do que se trata. H fogo?


Dvida 2.

Guedes fala, pois, com desenvoltura do que fazer de taxa de cmbio e de reservas. Atualmente, a poltica cambial est, na prtica, a cargo do Banco Central. Vai sair de l, do BC? Vai haver bola dividida ou compartilhada entre BC e superministrio da Economia?


Dvida 3.

Por falar em Banco Central, parece ser inteno do governo Bolsonaro mandar ao Congresso um projeto de independncia ou de autonomia do BC, no se sabe qual das alternativas ou se h de fato diferena entre os termos.

O BC seria autnomo ou independente at que limite? Com certeza em poltica monetria, na definio da meta de taxa de juros etc.; decerto na poltica de crdito e na regulao e na fiscalizao do sistema financeiro.

Mas como fica, por exemplo, a definio da meta de inflao, assunto no qual o BC tem voz? Sim, voz no CMN (Conselho Monetrio Nacional), do qual fazem parte o presidente do BC e os ministros da Fazenda e do Planejamento, que sero Guedes. Um BC independente pode ou no definir a meta de inflao. Como vai ser?


Dvida 4.

Por falar em Conselho Monetrio Nacional, o CMN formula a poltica de moeda e crdito, decide normas para o sistema financeiro e um mundo de assuntos correlatos.

Com um Banco Central independente, como fica o CMN? Acaba? Permanece? Com quais atribuies, as quais sempre limitaro, para o bem ou para o mal, a independncia do BC? Com qual composio? Um representante do BC e outro do superministrio da Economia? Quem decide eventual conflito?

Sim, j se pensaram respostas para essas questes, mas, antes de haver um superministro da economia, que tem opinies fortes sobre cmbio, por exemplo, embora, por formao, seja adepto de BCs independentes.


Dvida 5.

Durante a campanha, Bolsonaro e Lorenzoni haviam criticado a reforma da Previdncia de Michel Temer. Logo depois da eleio, Bolsonaro disse que procuraria aprovar alguma coisa da reforma de Temer, j.
Lorenzoni desgostou da ideia em pblico. Guedes defendeu a ideia em pblico.

O Congresso moribundo e lderes que permanecero disseram que a reforma no passa, por variados motivos. Depois do primeiro encontro do governo de transio, Guedes e Lorenzoni moderaram as opinies e puseram panos quentes na discrdia.

Que fim levou a ideia de aprovar a reforma Temer? Morreu para este ano? O projeto Temer ser envernizado e apresentado logo no incio do ano que vem, enquanto Guedes prepara (ou no) a reinveno das aposentadorias do pas (criando o sistema de capitalizao)?

Vinicius Torres Freire
Fonte: Folha de S. Paulo
Notcias de outros veculos so oferecidas como mera prestao de servio
e no refletem necessariamente a viso da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notcias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notcias Relacionadas
19/03/19 - Na Casa Branca, Trump diz que apoia entrada do Brasil na OCDE
  - Governo est entusiasmado com a demanda por leiles de portos, diz secretrio
  - Trump a Bolsonaro: Brasil e EUA `nunca estiveram to prximos
  - Faturamento com exportaes do agro recua 28% no RS
  - Dlar persegue sequncia de queda com cena nacional e global positiva
Para enviar a notcia, basta preencher o formulrio abaixo.
Todos os campos so de preenchimento obrigatrio!
 
Superdvidas na economia de Bolsonaro
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatrio:
E-mail destinatrio:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentrio:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa Histria
• Misso, Viso e Objetivos
• Trofu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comits de Gesto
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comits de Gesto
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Frum de Implementao Tecnolgica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminrio UDOP de Inovao
Imprensa

• Agncia UDOP de Notcias
• ltimas Notcias
• Frum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mdias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produo Brasileira
Servios

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendrio de Eventos
• Guia de Empresas
• ndice Pluviomtrico
• Pesquisas UDOP
• Previso do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrogrficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/