Segunda-feira, 27 de maio de 2019
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Brasil exporta recorde de soja em fevereiro e mais de 80% tem destino China  

11/03/2019 - O Carnaval passou e o ano finalmente deve começar no Brasil, o que pode puxar também mais negócios com a soja, segundo acredita o consultor de mercado Vlamir Brandalizze, da Brandalizze Consulting. Para ele, novos fechamentos da safra nova, que vinham escassos nas últimas semanas, podem se intensificar nos próximos dias.

"Tenderemos a ver mais pressão de fechamento na safra nova brasileira via trocas por insumos. A safra velha pode dar mais movimentação se houver notícias novas e positivas da disputa entre os EUAe China, já que poderá trazer apelo de alta em Chicago", explica o executivo.

No entanto, caso o caminhar das relações entre chineses e americanos continuar acontecendo na corda bamba, "vamos de fechamentos internos para indústria, que deve voltar às compras e agora com atividade de esmagamento forte", completa Brandalizze.

Entre as exportações, o ritmo também deverá continuar forte, segundo ele, e podendo, inclusive trazer prêmios melhores nestes próximos dias. "E assim estamos no ano novo comercial", diz Brandalizze.

Desde o início de março, em Paranaguá, a posição de entrega março/19 tem 35 cents de dólar sobre os valores de Chicago, enquanto o junho já carrega 52 centavos para a soja brasileira. Assim, as últimas referências de preços nos terminais ainda trabalhavam no intervalo de R$ 79,00 a R$ 80,00 por saca, sentindo também as oscilações do dólar. Já para as entregas no meio do ano, os indicativos subiam para algo entre R$ 81,00 e R$ 82,00.

Em fevereiro, por mais um mês, as exportações brasileiras de soja bateram recorde e chegaram a 6.091,1 milhões de toneladas, segundo números da Secex (Secretaria de Comércio Exterior). O volume é bem maior do que o de fevereiro passado, quando o Brasil exportou 3.509,4 milhões de toneladas. Em todo o complexo soja, o acumulado das exportações do Brsil são de 10,56 milhões de toneladas.

Como explica o consultor, os compradores chineses, mesmo que em um ritmo mais comedido, seguem focados no produto brasileiro com a guera comercial com os EUA ainda em curso, o que muda a cena do comércio global de soja neste ano. "Normalmente, os primeiros dois meses do ano são fracos para a soja em grão, mas neste ano o acelerador está puxado porque a China segue agressiva, comprando nos nossos portos".

Segundo o Cepea, do total exportado pelo Brasil em fevereiro, 82,4% - 5,02 milhões de toneladas - foi destinado à China. Ainda segunfo a instituição, estes embarques acelerados da soja no Brasil ajudaram a puxar os preços no cenário nacional. "Além da entrega de contrato a termo, agora, as negociações no mercado spot também começaram a ganhar força, especialmente devido à valorização do dólar frente ao Real, que torna o produto nacional mais atrativo aos importadores", explicaram os pesquisadores da instituição.

Ainda segundo Brandalizze, há alguns negócios da safra 2019/20 do Brasil começando a serem registrados, com valores na casa dos R$ 85,00, para pagamento no fim de abril, principalmente com ofertas do Centro-Oeste do país. "A safra nova está começando a ganhar forças e os negócios fluindo", diz.

Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
24/05/19 - Embrapa lança nova cultivar de soja resistente a pragas
  - Safra de milho do Brasil aproxima-se de recorde; colheita de soja também cresce
  - Com alta de 5%, produção de grãos deve somar 37 milhões de tons no PR
  - Colheita do milho atinge 95% da área cultivada no RS
  - Deral diz que geadas fracas não preocupam para café, milho e trigo do Paraná
  - Argentina: colheita de soja chega a 85% da área apta
  - Milho se recupera das baixas de ontem e abre sexta-feira se valorizando em Chicago
  - Exportação de milho do Brasil, mais competitivo que o dos EUA, deve ganhar ritmo
  - Colheita da safra 2018/19 de soja no RS está concluída
  - Soja tem leve avanço em Chicago nesta 6ª feira com recuperação e atenta ao clima
23/05/19 - Previsão de chuva nos EUA e aumento da produção de etanol fortalecem altas do milho em Chicago
  - USDA: Vendas semanais dos EUA de soja, milho e trigo ficam dentro das expectativas
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Brasil exporta recorde de soja em fevereiro e mais de 80% tem destino China
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Consecana
• Fórum de Implementação Tecnológica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/