Quarta-feira, 20 de maro de 2019
:
EDITORIAS
Agncia UDOP | Acar | Biodiesel | Cana-de-Acar | Combustveis Fsseis | Diversas | Economia
Energia | Espao Datagro | Etanol | Frum de Articulistas | Opinio | TV UDOP | ltimas Notcias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Comisso Europeia adota critrios mais rgidos para biocombustveis  

15/03/2019 - A medida estabel que biocombustveis que necessitem de extensa rea de terras para produo sero caracterizados como de alto risco (Foto: Max Pixel/Creative Commons)
A Comisso Europeia passou a adotar critrios mais rgidos para combustveis renovveis. As novas diretrizes foram divulgadas na quarta-feira pela entidade.

A medida estabelece que biocombustveis que necessitem de extensa rea de terras para produo sero caracterizados como de alto risco. Nesse caso, esto includos alguns tipos de biodiesel feitos base de leos vegetais. As novas regras limitam o volume desse tipo de biocombustvel que pode ser contabilizado como energia renovvel na meta de cada pas membro do bloco.

A medida integra uma nova lei da UE que prev aumentar a parcela de energia renovvel para 32% at 2030. Na normativa, a Comisso estabelece limite de um ponto porcentual para a contribuio do uso de biocombustveis, biodiesel e combustvel de biomassa de alto risco no abastecimento dos transportes ferrovirios e rodovirios na meta de energia renovvel de cada pas do bloco at 2020.

Alm disso, a regulamentao exige que os limites nacionais para o uso desse tipo de biocombustvel no perodo de 2021 a 2023 permaneam no nvel de 2019 e que a partir de 2024 diminua gradualmente at atingir zero em 2030. "No h limitao para importao ou para uso desses combustveis. Os Estados-membros continuaro a poder importar e utilizar combustveis includos na categoria de biocombustveis de alto risco", pondera a entidade no texto.

Segundo a comisso, a expanso da produo de biocombustveis ocupa terras que antes eram destinadas ao cultivo de alimentos e cereais para raes, fazendo com que a produo de cereais passe a ocupar novas reas vegetais, como florestas, zonas midas e turfeiras. No documento, a Comisso destacou que o desmatamento de florestas provoca a emisso de gases de efeito estufa, tais como os de combustveis fsseis.

As novas regras no restringem o uso desses biocombustveis pelos pases da Unio Europeia (UE), mas pode levar a menor importao pelos pases desse tipo de energia, j que tero limite para utilizao como energia renovvel. Entre os combustveis renovveis classificados como de alto risco est o leo de palma.

A Comisso afirma que, desde 2008, 45% da expanso da produo de leo de palma levou destruio de florestas, zonas midas ou turfeiras e consequente libertao de gases com efeito de estufa, em comparao com 8% para soja e 1% para girassol e colza.

H meses, a Comisso Europeia estuda a reduo do uso de combustveis que causam desmatamento. Pases produtores como Malsia e Indonsia questionam a medida restritiva da UE, alegando que o mtodo usado para definir sustentabilidade favorece leos vegetais da Europa, como girassol e colza. O bloco o maior importador mundial de leo de palma.

Curte o contedo da Globo Rural? Ele tambm est no Globo Mais. Nesse aplicativo voc tem acesso a um contedo exclusivo e s edies das melhores publicaes do Brasil. Cadastre-se agora e experimente 30 dias grtis.

Fonte: Estado Contedo
Texto extrado da revista Globo Rural
Notcias de outros veculos so oferecidas como mera prestao de servio
e no refletem necessariamente a viso da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notcias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notcias Relacionadas
15/03/19 - Comisso Europeia adota critrios mais rgidos para biocombustveis
27/02/19 - Unio Europeia rev status de biocombustveis
25/02/19 - Vocao brasileira converge para eletrificao atravs dos biocombustveis, destaca Nastari
21/02/19 - Eletrificao com biocombustveis soluo moderna e eficiente para mobilidade
19/02/19 - ANP v crescimento do mercado de combustveis acima do PIB em 2019
Para enviar a notcia, basta preencher o formulrio abaixo.
Todos os campos so de preenchimento obrigatrio!
 
Comisso Europeia adota critrios mais rgidos para biocombustveis
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatrio:
E-mail destinatrio:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentrio:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa Histria
• Misso, Viso e Objetivos
• Trofu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comits de Gesto
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comits de Gesto
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Frum de Implementao Tecnolgica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminrio UDOP de Inovao
Imprensa

• Agncia UDOP de Notcias
• ltimas Notcias
• Frum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mdias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produo Brasileira
Servios

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendrio de Eventos
• Guia de Empresas
• ndice Pluviomtrico
• Pesquisas UDOP
• Previso do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrogrficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/