UDOP - União Nacional da Bioenergia
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
IGP-10 sobe 1,00% em abril ante alta de 1,40% em março, revela FGV  

15/04/2019 - O Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) subiu 1,00% em abril, após ter aumentado 1,40% em março, informou nesta segunda-feira, 15, a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado ficou acima da mediana das estimativas dos analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Projeções Broadcast, calculada em 0,88%, e dentro do intervalo das previsões, de 0,76% a 1,10%.

Quanto aos três indicadores que compõem o IGP-10 de abril, os preços no atacado medidos pelo IPA-10 tiveram avanço de 1,19% no mês, ante uma elevação de 1,93% em março. Os preços ao consumidor verificados pelo IPC-10 apresentaram crescimento de 0,73% em abril, após a elevação de 0,48% no mês anterior. Já o INCC-10, que mede os preços da construção civil, teve aumento de 0,35% em abril, depois de um avanço de 0,07% em março.

O IGP-10 acumulou um aumento de 2,55% no ano. A taxa em 12 meses ficou positiva em 8,46%. O período de coleta de preços para o indicador de abril foi do dia 11 de março a 10 deste mês.

Os aumentos nos custos dos transportes pressionaram a inflação ao consumidor dentro do IGP-10 de abril. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-10) subiu 0,73% em abril, após ter avançado 0,48% em março. Sete das oito classes de despesa registraram taxas de variação mais elevadas, com destaque para o grupo Transportes, que passou de alta de 0,44% em março para aumento de 1,33% em abril. A gasolina saiu de uma queda de 0,36% para um avanço de 3,15% no período.

Os demais acréscimos ocorreram nas taxas dos grupos Vestuário (de 0,13% para 0,76%), Habitação (de 0,35% para 0,49%), Educação, Leitura e Recreação (de -0,11% para 0,17%), Despesas Diversas (de -0,05% para 0,26%), Comunicação (de -0,02% para 0,11%) e Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,47% para 0,48%).

Houve contribuições dos itens roupas (de 0,22% para 0,91%), tarifa de eletricidade residencial (de 0,79% para 1,75%), passagem aérea (de -5,20% para -2,87%), bilhete lotérico (de 0,00% para 10,75%), pacotes de telefonia fixa e internet (de 0,00% para 0,93%) e medicamentos em geral (de 0,13% para 0,58%).

Na direção oposta, o grupo Alimentação apresentou ligeiro decréscimo em sua taxa de variação, de 1,05% para 1,04%. A maior contribuição partiu do item arroz e feijão, que passou de 10,82% para 3,80%.


IPAs

Os preços agropecuários mensurados pelo IPA Agrícola subiram 1,86% no atacado em abril, após um aumento de 4,68% em março. Já os preços dos produtos industriais medidos pelo IPA Industrial tiveram alta de 0,96% este mês, depois da elevação de 1,04% no atacado em março.

Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais tiveram alta de 1,48% em abril, ante um avanço de 1,97% em março.

Os preços dos bens intermediários subiram 0,62% em abril, após aumento de 0,54% no mês anterior.

Já os preços das matérias-primas brutas apresentaram aumento de 1,53% em abril, depois da expansão de 3,60% em março.

Fonte: Estadão Conteúdo
Texto extraído da revista Isto É Dinheiro
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
16/10/19 - Brasil quer buscar mais acordos comerciais em visita de Bolsonaro à Ásia
  - Dólar opera em alta, em dia de cautela no exterior
  - Bovespa opera em queda, com exterior no radar
  - PIB do agronegócio cresce 0,64% no acumulado do ano
  - IPC-S cai 0,01% na segunda quadrissemana de outubro, revela FGV
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
IGP-10 sobe 1,00% em abril ante alta de 1,40% em março, revela FGV
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: