Quinta-feira, 20 de junho de 2019
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Cresce incidência de plantas daninhas nas lavouras de soja  

21/05/2019 - A infestação de plantas daninhas nas lavouras de soja interfere no crescimento e no desenvolvimento da planta e afeta os resultados de produtividade. Além disso, aumenta os custos de produção, dificulta a ação da colhedora, desgasta peças da máquina, favorece o ataque de insetos e afeta o valor comercial do grão. Produtor que não quer ter prejuízos com plantas indesejáveis em suas lavouras deve fazer com eficiência o manejo na pré-semeadura.

De acordo com Paulo César Timossi, da Universidade Federal de Goiás (UFG), foi alta a ocorrência de plantas daninhas na safra 2018/19 principalmente no momento da colheita da soja. "O manejo dessas plantas com sistemas integrados é uma das principais ferramentas para controlar o problema. Outra é o cultivo de plantas de cobertura o qual deve ser encarado como uma cultura. Pesquisas realizadas mostram que a rotação de culturas é primordial para rotacionar os herbicidas com diferentes mecanismos de ação", afirmou o especialista em recente palestra no XIX Encontro Técnico Soja Fundação MT.

Segundo o pesquisador, a dificuldade no manejo de plantas daninhas em área de produção foi um dos fatores limitantes da produtividade da soja na safra passada. "As plantas daninhas consideradas de difícil controle, como o capim-amargoso e buva, possuem características morfoanatômicas que impedem a absorção dos herbicidas em concentração suficiente para causar a morte dessas espécies. Uma das propostas apresentadas seria o estabelecimento de programas de manejo em sistemas de produção".

Essas recomendações também foram apontadas por Autieres Farias, pesquisador da Fundação de apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação MT, para os participantes do XIX Encontro Técnico Soja. Ele mostrou um panorama das principais plantas daninhas no estado do Mato Grosso, falou sobre a importância de manejar cada espécie e conscientizou o público sobre o problema da ocorrência das plantas daninhas nas lavouras de soja.

"Das áreas que visitamos identificamos que quando se faz um bom planejamento de manejo desde adubação, plantio, variedade e controle químico de plantas daninhas, pragas, doenças, com uma boa tecnologia de aplicação e com controle no momento certo, os resultados de produtividade foram bons. Não tem como abrir mão de nenhuma das recomendações técnicas para plantar e colher bem."

Autieres destacou que todas as boas práticas agronômicas aliadas com um sistema de manejo integrado promovem o desenvolvimento saudável da soja e ajudam a planta a atingir o seu potencial produtivo. "Estratégias de rotação de culturas por uma ou duas safras com outras culturas, possibilitam a manutenção de patamares produtivos altos das lavouras."

Fonte: Datagro
Texto extraído do portal Universoagro
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/06/19 - Adiantada, colheita de milho do Brasil atinge 12,5% da área, diz Arc Mercosul
  - Cerejeiras/RO já colheu 30% do milho e produtividade está dentro do esperado
  - Clima: inverno deve começar sob influência do fenômeno El Niño
  - Plano safra beneficia pequenos, médios e grandes produtores
  - Argentina: chuvas atrapalham plantio de trigo e colheita de soja e milho
  - Soja trabalha com estabilidade em Chicago nesta 4ª e se posiciona para números da área nos EUA
18/06/19 - Custos de produção para a safra 2019/20 de soja no MT têm alta
  - Soja realiza lucros nesta manhã de 3ª feira, mas não desvia foco do clima ruim nos EUA
  - Agroconsult eleva previsão de exportação de soja do Brasil para 70,5 mi t
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Cresce incidência de plantas daninhas nas lavouras de soja
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Consecana
• Fórum de Implementação Tecnológica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/