UDOP - União Nacional da Bioenergia

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Preços do petróleo fecham sem direção comum antes de dados sobre estoque dos EUA  

26/06/2019 - Os preços do petróleo não tiveram direção comum nesta quinta-feira, antes da divulgação de dados que, pelo esperado, devem apontar uma diminuição nos estoques petrolíferos dos Estados Unidos, compensando as preocupações de investidores de que as tensões comerciais entre EUA e China possam prejudicar a demanda por combustíveis.

Os contratos futuros do valor de referência global, o petróleo Brent, fecharam em alta de 0,19 dólar, ou 0,3%, a 65,05 dólares por barril.

Já os futuros do petróleo nos EUA recuaram 0,07 dólar, ou cerca de 0,1%, para 57,83 dólares/barril.

Os investidores relevaram os comentários feitos nesta terça-feira pelo presidente dos EUA, Donald Trump, que afirmou que destruiria partes do Irã se o país asiático atacar "qualquer coisa norte-americana".

Os temores do mercado do petróleo quanto à crescente tensão entre os EUA e o Irã diminuíram depois de Trump ter atingido o líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, e outras autoridades de alto escalão da República Islâmica com sanções na segunda-feira, após abortar um ataque aéreo retaliatório, disseram analistas.

Enviando um sinal altista, uma pesquisa preliminar da Reuters apontou na segunda-feira que é provável que os estoques de petróleo norte-americanos tenham diminuído pela segunda semana consecutiva na última semana. A Administração de Informação sobre Energia (AIE) divulga seus números na quarta-feira.

Analistas afirmaram, no entanto, que preocupações a respeito das tensões comerciais entre EUA e China e do crescimento econômico global continuaram pressionando o mercado.

"Você verá o petróleo tendo problemas para escolher uma direção nos próximos dias", disse Josh Graves, estrategista-sênior de mercado da RJO Futures. "Há um cabo de guerra entre os fatores altistas e baixistas."

25/06/19
Collin Eaton, com reportagem adicional de Shadia Nasralla e Aaron Sheldrick
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
21/10/19 - Petróleo fecha em queda com dado fraco de crescimento na China
  - Governo cria grupo para avaliar exploração de petróleo além-mar do Brasil
  - ANP: gasolina sobe em 13 estados e no DF, mas valor médio cai 0,07% no país
18/10/19 - Petróleo fecha em queda, de olho em sinais da demanda após dados da China
  - Produção de petróleo da Petrobras no Brasil cresce 16,9% no 3º tri
17/10/19 - Petróleo fecha em alta com dólar e Brexit; aumento de estoques contém ganhos
14/10/19 - Preços do petróleo caem com cautela sobre primeira fase de acordo comercial EUA-China
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Preços do petróleo fecham sem direção comum antes de dados sobre estoque dos EUA
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: