UDOP - União Nacional da Bioenergia
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Cana-de-açúcar Aumentar a letra    Diminuir a letra
4 impactos positivos do RenovaBio para as usinas  

02/08/2019 - Qual é o impacto da Política Nacional de Biocombustíveis, o RenovaBio, para o setor sucroenergético?

Marcelo Mancini Stella, VP Comercial da Atvos, apresenta quatro respostas para essa pergunta.

Ele fez suas projeções durante palestra em painel nesta quinta-feira (01/08) no 12º Congresso Nacional da Bioenergia.

O evento é realizado pela UDOP em Araçatuba (SP).

Antes de listar 4 impactos positivos do RenovaBio para o produtor de etanol, Mancini projeta 10 milhões de metros cúbicos extras até 2030 para atender ao programa.

Para esse volume extra, serão necessários 160 milhões de hectares.

Conforme premissas, essa oferta extra de biocombustível exige 30 usinas greenfields e investimentos sugeridos de R$ 60 bilhões.

Entrementes, Mancini lembra que isso tudo pode ocorrer caso o RenovaBio deslanche.

"Impossível o programa não trazer efeito positivo para o setor e para a população, já que o benefício principal é a redução de emissões de CO2."

4 impactos positivos do RenovaBio para o produtor de etanol

De seu lado, o VP da Atvos divide esses impactos em 4 ondas.

1 - A primeira onda será ganho de receita e diminuição do endividamento do setor.

"Ninguém investirá em greenfield no primeiro ano [de vigência do RenovaBio]"

2 - Segunda onda: ganho de produtividade e expansão de área. Sem necessidade de greenfield.

3 - Terceira onda: investimentos em desgargalamentos industriais, com expansão das áreas industriais das unidades.

4 - Quarta onda: entram os investimentos em greenfields de cana, de etanol de milho ou de etanol 2G.

Delcy Mac Cruz
Fonte: Jornal Cana
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
27/01/20 - Preços do açúcar encerram a semana em baixa nas bolsas internacionais
  - Após 4 semanas em alta, preços do etanol recuam nos índices do Cepea/Esalq
  - Mercado de etanol mostra estabilidade em janeiro de 2020
24/01/20 - Na Índia, ministra fala sobre produção de etanol e tarifa de carne de frango
23/01/20 - Não precisamos desmatar para comer, basta aumentar a produtividade, diz Tereza Cristina
22/01/20 - Epbr: São Martinho faz primeira emissão de pré-CBios
  - Tereos confirma saída de diretor; executivo deve ir para Petrobras, dizem fontes
20/01/20 - MS: Estado tem 19 usinas de biocombustível
  - Na Índia, objetivo é transformar etanol em commodity global
15/01/20 - RenovaBio: Desafio do setor sucroalcooleiro este ano é despertar interesse pelos CBIOS
  - Serpro lança plataforma de concessão de créditos de carbono
14/01/20 - Perspectivas etanol: Renovabio deve estimular retorno do crescimento da produção
13/01/20 - Mario e Adriano Ometto planejam retomar usina vendida à Abengoa
19/12/19 - UDOP entra em recesso de fim de ano; confira como fica o expediente
13/12/19 - UDOP defende integração indústria/universidades para aprimorar pesquisas
09/12/19 - Balanço e Perspectivas do Setor Agro é tema de debates na Assembleia Legislativa de SP
06/12/19 - MPF requer à Justiça que ANP permita aos postos de combustível adquirir etanol diretamente das
  usinas
04/12/19 - Ano marcado por investimento em novas usinas e crescimento das fontes renováveis
29/11/19 - Projeto Brazil Sugarcane leva empresas brasileiras ao Peru
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
4 impactos positivos do RenovaBio para as usinas
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: