UDOP - União Nacional da Bioenergia

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Petróleo fecha em alta com dólar e Brexit; aumento de estoques contém ganhos  

17/10/2019 - Os contratos futuros de petróleo encerraram o pregão desta quinta-feira, 17, em alta, em um dia de dólar fraco, o que favorece a compra de commodities, e de otimismo nos mercados internacionais com o acordo firmado para o Brexit. Por outro lado, o aumento dos estoques nos Estados Unidos, divulgado hoje, conteve os ganhos do petróleo.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o petróleo WTI para novembro fechou em alta de 1,07%, a US$ 53,93 o barril. Já na Intercontinental Exchange (ICE), o barril do petróleo Brent para dezembro subiu 0,82%, a US$ 59,91.

O dólar fraco ao longo do dia levou investidores ao mercado de commodities, na medida em que, nesse contexto, elas se tornam mais baratas para detentores de outras divisas.

A busca por ativos de risco ainda foi favorecida pelo otimismo nos mercados, desde que União Europeia (UE) e Reino Unido anunciaram um acordo para o Brexit, embora seus termos ainda precisem ser ratificados pelos parlamentos europeu e britânico.

Por outro lado, os ganhos verificados nos contratos de petróleo foram contidos pela alta na oferta, segundo dados publicados pelo Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) dos EUA. De acordo com a instituição, os estoques do óleo subiram 9,281 milhões de barris no país, para 434,85 milhões de barris, na semana encerrada em 12 de outubro. A previsão era de avanço de 2,3%.

Seguem no radar, no entanto, preocupações com a demanda pela commodity energética, em um cenário de desaceleração da economia global. Hoje, o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) informou que a produção industrial nos EUA caiu 0,4% na passagem de agosto para setembro, enquanto a expectativa era por um recuo menor, de 0,2%.

Fonte: Estadão Conteúdo
Texto extraído do portal Istoé Dinheiro
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
22/11/19 - Distribuidora de derivados de petróleo vai se instalar em Birigui
21/11/19 - Estoques de petróleo sobem acima do esperado nos EUA
  - Líbia produz 1,25 mi bpd de petróleo e prevê 1,5 mi em 2020, diz estatal petroleira NOC
  - Rússia continuará a cooperar com Opep para manter mercado equilibrado, diz Putin
19/11/19 - Preços do petróleo caem mais de 1% com incerteza em negociações comerciais
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Petróleo fecha em alta com dólar e Brexit; aumento de estoques contém ganhos
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: