FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Milho: Semana começa com futuros em alta na Bolsa de Chicago
Publicado em 24/06/2019 às 09h07
A semana começa com os preços internacionais do milho futuro se valorizando na Bolsa de Chicago (CBOT). Nesta segunda-feira (24), as principais cotações registravam altas entre 3,25 e 4,25 pontos por volta das 09h04 (horário de Brasília).

O vencimento julho/19 era cotado à US$ 4,45, o setembro/19 valia US$ 4,51 e o dezembro/19 era negociado por US$ 4,57.

Segundo análise de Ben Potter da Farm Futures, os preços do milho estão apresentando ganhos modestos, com contratos de safras antigas e novas mais altos após uma baixa partida durante a noite. Os futuros de dezembro, por exemplo, realizaram outro teste de tendência em relação aos mínimos de maio, mantendo o gráfico de alta intacto.

No momento, o mercado aguarda que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) atualize sua estimativa de área na próxima sexta-feira, em um relatório amplamente esperado que poderia moldar os mercados de verão.

-Com base nas tendências históricas, esperamos que a área plantada com milho caia para 87 milhões de acres. O governo cortou sua estimativa no início deste mês, a partir de intenções de março de 3 a 89,8 milhões. E a área final poderá cair para 85 milhões, dependendo de quantos hectares de plantações impedem os agricultores de plantar milho-, comenta Potter.

Os agricultores que reportaram o Feedback From The Field na semana passada fizeram apenas progressos incrementais, elevando suas estimativas para 94%. Os produtores também classificaram o milho como estável em comparação com a semana passada, mas sua avaliação permanece bem abaixo das estimativas das condições de progresso da colheita semanal do USDA.
Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas