FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Petróleo encerra semana com fortes ganhos em meio a tensão EUA e Irã
Publicado em 24/06/2019 às 09h46
Os preços futuros do petróleo encerraram a sessão em alta, com a referência americana registrando a maior valorização semanal no ano. Os contratos ganharam força com as tensões protagonizadas no Oriente Médio entre Estados Unidos e Irã, com investidores temendo que um conflito armado em uma principais regiões produtoras de petróleo do mundo afete a oferta global da commodity.

Os contratos futuros do Brent para agosto encerraram o dia em valorização de 1,16%, para US$ 65,20, na ICE, em Londres. Já os preços do WTI para o mesmo mês apresentaram valorização de 0,63% na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex). No acumulado semanal, a referência americana teve ganhos de 8,94%, enquanto a referência global avançou 5,16%.

Mais cedo, Trump aprovou um ataque militar contra o Irã e, embora tenha desistido no último minuto, a "reversão rápida, no entanto, destaca o quão próximos os dois países estão do confronto direto", diz Robbie Fraser, da Schneider Electric.

Os ganhos do WTI hoje também foram impulsionados pelo incêndio e explosão de uma refinaria da Philadelphia Energy Solutions, no sul da Filadélfia. Isso fez com que os contratos futuros de gasolina subissem 3,9%, a US$ 1,8561 o galão.

Hoje também o número de sondas de perfuração de petróleo em atividade nos EUA registrou leve alta na semana, após ter tocado mínima de 16 meses no período anterior. O avanço desta semana correspondeu a apenas uma sonda, elevando a contagem a 789, de acordo com dados divulgados hoje pela Baker Hughes, fornecedora de serviços ao setor de petróleo e responsável pelo levantamento semanal.
21/06/19
Fonte: Valor Econômico
Texto extraído do boletim SCA
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas