FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Milho: Mercado segue com desvalorizações na CBOT durante o pregão desta 4ª feira
Publicado em 26/06/2019 às 11h39
Os preços do milho negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) seguem do lado negativo da tabela nesta quarta-feira (26). Por volta das 12h02 (horário de Brasília), os vencimentos do cereal exibiam quedas de 2,75 a 3,50 pontos, com o contrato julho/19 a US$ 4,44 por bushel e o setembro/19 a US$ 4,50 por bushel.

Segundo Tony Dreibus, analista da Sussccesful Farming, as cotações estão negativas devido a expectativa ao relatório trimestral de estoques de grãos e do relatório de áreas plantadas nos Estados Unidos da América, que vão ser divulgados na próxima sexta-feira (28). -Os analistas esperam uma área de milho de cerca de 86,7 milhões de acres (34,68 milhões de hectares), um percentual abaixo da estimativa de junho-, diz Dreibus.


B3

Nesta quarta-feira, a Bolsa Brasileira (B3) está sendo marcada por valorizações aos preços do milho. Às 11h54 (horário de Brasília), as principais posições da commodity exibiam quedas de 0,37% e 0,66%. O vencimento julho/19 era cotado a R$ 38,10 a saca e o setembro/19 trabalhava a R$ 38,32 a saca.

De acordo com o boletim da Radar Investimentos, o ritmo dos negócios no mercado físico do milho travou nesta semana mesmo com o andamento da colheita da safrinha em todo vapor. -O vendedor subiu as propostas de negócio e os compradores têm tido que se abastecer mesmo com preços firmes-, destaca.
Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas