FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Austrália apoia financeiramente projeto de energia solar para 2 minas da Fortescue
Publicado em 18/10/2019 às 16h51
O governo da Austrália disse nesta sexta-feira que fornecerá mais da metade dos fundos para uma usina solar de 200 milhões de dólares australianos (136,60 milhões de dólares) que está sendo construída pela Alinta Energy para apoiar duas minas de minério de ferro na remota região de Pilbara, oeste do país.

A Alinta, que pertence ao conglomerado Chow Tai Fook Enterprises, de Hong Kong, planeja construir uma usina solar de 60 megawatts (MW) em Christmans Creek, o que pode substituir a geração a diesel nas minas, ambas da Fortescue.

As minas também utilizam energia gerada em uma usina movida a gás que pertence à Alinta.

"A combinação de solar e gás significa que a operação das minas terá uma oferta de energia limpa, segura e confiável da manhã à noite", disse em comunicado o ministro de Energia da Austrália, Angus Taylor.

O governo disse que o Departamento de Infraestrutura do Norte da Austrália concordou em emprestar até 90 milhões de dólares australianos para o projeto, enquanto a Agência Australiana de Energia Renovável (Arena, na sigla em inglês) concederá 24,2 milhões de dólares para a Alinta.
Sonali Paul
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas