FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Petróleo fecha em queda com dado fraco de crescimento na China
Publicado em 21/10/2019 às 09h35
Foto Notícia
Os contratos futuros do petróleo fecharam em queda, com os investidores se posicionando de maneira mais cautelosa antes do fim de semana, após a divulgação de um dado fraco de crescimento econômico na China.

O contrato do petróleo Brent para dezembro fechou em queda de 0,81%, a 59,25 por barril na ICE, em Londres, enquanto o WTI para novembro recuou 0,27%, a 53,78 por barril na Bolsa de Mercadorias de Nova York.

De acordo com dados divulgados na madrugada de ontem para hoje, a China teve expansão de 6% no terceiro trimestre, na base anual. Este foi o ritmo de crescimento mais lento desde o primeiro trimestre de 1992, quando a China começou a publicar esses números, de acordo com o serviço de dados Wind.

O receio dos investidores é que o enfraquecimento da atividade econômica chinesa reduza a demanda do país pela commodity. A preocupação é redobrada pelo fato de que a China é o maior importador líquido global de petróleo.

Por outro lado, cresce a pressão e as apostas para a Opep aprofundar o corte na produção a partir de sua próxima reunião em dezembro. "Parece que existe um piso para os preços do petróleo e as expectativas estão crescendo para a possibilidade de ver a Opep se tornar mais agressiva com seus cortes de produção no próximo mês de dezembro", disse o analista da Oanda, Edward Moya.

No cenário do mercado de petróleo, também consta o adiamento do anúncio formal que iniciaria o cronograma para a Oferta Pública de Ações (IPO) da estatal saudita Aramco. Segundo fontes do "Financial Times", a companhia quer esperar até que possa oferecer aos investidores uma maior transparência sobre os lucros do trimestre mais recente, depois dos atentados ocorridos a suas instalações no mês passado, que temporariamente cortaram sua produção pela metade.
18/10/19
Fonte: Valor Econômico
Texto extraído do clipping do SCA
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas