Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Milho: Chicago segue com cotações estáveis nesta sexta-feira
Publicado em 22/11/2019 às 14h08
A estabilidade segue presente na Bolsa de Chicago (CBOT) para os preços internacionais do milho futuro nesta sexta-feira (22). As principais cotações registravam movimentações máximas de 0,50 pontos negativos por volta das 11h56 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/19 era cotado à US$ 3,68 com estabilidade, o março/20 valia US$ 3,79 com estabilidade, o maio/20 era negociado por US$ 3,84 com estabilidade e o julho/20 tinha valor de US$ 3,89 com queda de 0,50 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os preços do milho se consolidaram ao longo desta semana.

"As condições técnicas de curto prazo não são propícias para a construção ou manutenção do momento negativo. As condições gerais apontam para uma cobertura abreviada e melhoria da ação dos preços durante os próximos dias", aponta o analista Duane Lowry.


B3

Já a bolsa brasileira opera com leves baixas nesta sexta-feira (22) com movimentações entre 0,22% e 0,65% negativos por volta das 12h23 (horário de Brasília).

O vencimento janeiro/20 era cotado à R$ 48,03 com queda de 0,56%, o março/20 valia R$ 47,25 com desvalorização de 0,65% e o maio/20 era negociado por R$ 45,80 com baixa de 0,22%.

Apesar das correções de hoje, a bolsa brasileira acumula ganhos ao longo da semana. Em seu boletim diário, a Agrifatto Consultoria apontou que o contrato para nov/19 foi liquidado na última segunda-feira (18) em R$ 44,04/sc, acumulando valorização de 8,93% desde o início de setembro/19.

O vencimento para janeiro/20 torna-se agora o vencimento mais curto, subindo 5,4% nos últimos 7 dias, o contrato de mar/20 tem variação semelhante, avançando 5,5% na comparação semanal até as máximas alcançadas nos últimos pregões.
Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.