Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Açúcar sobe acima dos 13 cents em NY; Fava Neves aposta em 15 cts/lb no início da safra 2020/21
Publicado em 05/12/2019 às 09h28
Foto Notícia
Os preços do açúcar no mercado de Nova York romperam a barreira dos 13 cts/lb na sessão de ontem. Os lotes para março/20 foram negociados em 13.06 centavos de dólar por libra-peso, alta de 20 pontos no comparativo com a véspera. Já os lotes para maio/20 fecharam em 13.10 cts/lb, 18 pontos acima da sessão anterior. Nas demais telas o açúcar subiu entre 7 e 16 pontos.

Em palestra na noite de ontem (4) para fornecedores e parceiros da Usina da Mata, de Valparaíso/SP, associada UDOP, o professor Marcos Fava Neves destacou que as perspectivas para os preços do açúcar nesta entressafra e na próxima temporada são mais otimistas. O consultor destacou que aposta que os preços devam iniciar a safra, em 1º de abril de 2020, entre 14 e 15 cts/lb, devido ao déficit global da commodity.

Em Londres os preços do açúcar branco também fecharam em alta em todas as telas. No vencimento março/20 o adoçante fechou em US$ 346,60 a tonelada, alta de 2 dólares no comparativo com a véspera. Já a tela maio/20 se firmou em US$ 350,50 a tonelada, valorização, também, de 2 dólares. Os demais contratos subiram entre 1,60 e 2,20 dólares.


Mercado doméstico

No mercado interno os preços do açúcar cristal também fecharam em alta no índice Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi negociada ontem em R$ 67,15, valorização de 0,96% no comparativo com a véspera.


Etanol hidratado

O etanol hidratado voltou a subir ontem nos índices da Esalq/BM&F Bovespa. O metro cúbico do biocombustível foi comercializado em R$ 2.077,00, alta de 0,02% no comparativo com os preços praticados na terça-feira.
Rogério Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas