Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
China não renova salvaguarda e reduz tarifa para entrada de açúcar, afirma Unica
Publicado em 22/05/2020 às 16h59
Foto Notícia
A China não renovou uma política de salvaguarda adotada desde 2017 que aumentava tarifas de importação de açúcar sobre volumes extracota, disse a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), que atribuiu a decisão a um acordo entre governos.

Segundo comunicado da Unica, a salvaguarda expirou nesta sexta-feira e a redução da tarifa pode representar uma oportunidade para o Brasil ampliar a comercialização da commodity em meio à crise causada pela Covid-19 no mercado interno.

O aumento de tarifas havia sido alvo de pedido de consulta do Brasil junto à Organização Mundial do Comércio (OMC), o que levou ao início de negociações entre autoridades brasileiras e chinesas sobre o tema.

"Isso permitiu um acordo entre os dois países, por meio do qual o Brasil concordou em não dar seguimento ao processo de abertura de painel na OMC mediante o compromisso chinês de não estender a salvaguarda após maio de 2020", disse a Unica em comunicado.
Luciano Costa
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.