Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Etanol/Cepea: Demanda se aquece em maio e impulsiona preço
Publicado em 02/06/2020 às 11h21
De acordo com pesquisas do Cepea, em maio, os preços dos etanóis subiram no estado de São Paulo, recuperando apenas uma parcela das perdas registradas entre março e abril. A sustentação aos valores veio da volta, ainda que gradativa, do consumo em alguns importantes polos consumidores do País.

Mesmo em meio à pandemia do coronavírus, a boa vantagem do etanol hidratado nos postos paulistas favoreceu a demanda e fez com que distribuidoras tivessem necessidade de reposição dos estoques. Além da demanda, outro fator que deu suporte para as cotações do etanol em São Paulo foi a postura firme dos vendedores ao longo de maio, mesmo neste início da temporada na região Centro-Sul.

No caso do etanol anidro, destaca-se o crescimento do número de negócios no mercado spot, devido à postergação do período definido para a fixação de contratos, visando o atendimento da Resolução nº 67 da ANP pelas distribuidoras. Assim, por conta de contratos ainda não firmados, as vendas no spot aumentaram em maio relativamente ao mês anterior.

A média dos valores das semanas cheias do Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado ficou em R$ 1,4352/litro, alta de 5,75% na comparação com as semanas cheias de abril. Para o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol anidro, o aumento foi de apenas 0,4%, com média de R$ 1,5803/litro no spot.
Fonte: Cepea
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.