Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Preços do açúcar iniciam a semana em alta nas bolsas internacionais
Publicado em 30/06/2020 às 09h01
Foto Notícia
Os preços do açúcar iniciaram a semana em alta nas bolsas internacionais ontem (29). Em Nova York, na Ice Futures, os contratos com vencimento em julho/20 subiram 16 pontos, negociados em 11.71 centavos de dólar por libra-peso. Já os contratos para outubro/20, foram firmados em 11.77 cts/lb, alta de 15 pontos no comparativo com a sessão anterior. Os demais lotes subiram entre 7 e 14 pontos.

Segundo analistas ouvidos pela Reuters, "participantes do mercado não esperam uma grande entrega contra o vencimento julho, citando recuos no prêmio do açúcar branco e nos contratos em aberto".

"Nas próximas semanas, o preço do açúcar tem de se conectar com o preço do etanol e forçar as usinas brasileiras a produzir mais etanol/menos açúcar. Mas da forma como está, não parece que isso vai acontecer", disse a Marex Spectron em nota divulgada pela Reuters.

Já analistas da Czarnikow destacaram que o aumento de ontem "veio em consonância com uma ampla recuperação na maior parte do setor de commodities e ações mais firmes, que continuam a desafiar preocupações mais amplas com relação à expansão contínua da covid-19, talvez ilustrando que as preocupações com as especificações desejadas por longo prazo serão puramente centradas, ao redor da imagem macro".


Açúcar branco

Em Londres, na Ice Europeu, o açúcar branco também fechou valorizado nesta segunda-feira. A tonelada do adoçante foi negociada em US$ 352,20, alta de 1 dólar no comparativo com a sexta-feira. Nos demais lotes houve valorização entre 2,10 e 3,20 dólares a tonelada.


Mercado doméstico

O açúcar cristal, medido pelo Cepea/Esalq, da USP, também fechou em alta nesta segunda-feira. A saca de 50 quilos foi negociada em R$ 76,38, com valorização de 0,46% no comparativo com os preços praticados na sexta-feira.


Etanol diário

Já o etanol hidratado voltou a subir depois de cinco dias seguidos em queda, de acordo com os índices da Esalq/BM&F Bovespa. O metro cúbico do biocombustível foi negociado ontem a R$ 1.670,50, variação positiva de 0,06% no comparativo com a véspera.
Rogério Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.